Página inicial
 
Mural de recados
22.09 | Aldery
É nítido ver como é desastroso ao Central há tanto tempo estar fora de uma série ...
22.09 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! Bela iniciativa da diretoria. Aproveitar a oportunidade par ...
22.09 | MARCOS LEITE
TAVA VENDO SITE D RECIFE, O SANTA TÁ VENDENDO BOLO D ROLO PRA AJUDAR NO CT NINHO ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
09/04/2014
00h18 | esportes - Copa do Brasil 2014
Copa do Brasil: No pior público da Arena, Náutico vence Sergipe nos pênaltis e avança
Clique e Confira.
Dramática. Depois de lutar durante quase todo o tempo normal para vencer a retranca armada pelo Sergipe, o Náutico conseguiu marcar o seu gol e levar a decisão da vaga para os pênaltis. Nas cobranças, o Timbu contou com a estrela do goleiro Alessandro, que defendeu duas cobranças e viu outra passar fora da meta. No fim, 3 a 1 para o Timbu nas penalidades. Agora, os alvirrubros aguardam o vencedor do encontro entre América-RN e Boa Vista-RJ, que se enfrentam em 23 de março, para saber quem será o seu adversário na segunda fase da Copa do Brasil.
 

 

De olho na vantagem construída no jogo de ida, o Sergipe começou a partida disposto a segurar o ritmo que os alvirrubros tentaram imprimir desde os primeiros minutos. Armando duas linhas de marcação em sua intermediária, a equipe de Aracaju dificultava a troca de passes do Náutico, que se via obrigada a apostar em chutes de fora da área. Aos poucos, porém, os alvirrubros perceberam que as laterais da equipe adversária poderiam ser o caminho mais curto para o seu gol.

Por volta da metade da etapa inicial, Lisca ordenou a troca de funções entre Leleu e Zé Mário, que passou a atuar pelo meio, na criação das jogadas. Com mais movimentação no setor, o Timbu criou algumas boas chances. A melhor delas, inclusive, com o próprio Zé Mário, que em grande jogada individual, limpou três adversários, mas finalizou para fora. Na reta final, o Sergipe conseguiu equilibrar as ações, aumentando a impaciência da torcida do Timbu com a atuação da equipe.

 

 
 
Ao voltar do intervalo com Marcelinho no lugar de Geovane, Lisca mostrou que esperava uma melhor movimentação em seu setor ofensivo. Entretanto, como sua equipe seguia enfrentando muitas dificuldades para vencer a retranca sergipana, o comandante alvirrubro voltou a mexer antes dos 10 minutos da etapa final. A escolha de Vinícius no posto de Marcos Vinícius, porém, incomodou bastante os torcedores, que passaram a xingar o técnico.

As mudanças, porém, não surtiram o efeito desejado. Visivelmente ansiosos, os alvirrubros trocavam passes até perto da grande área, mas não conseguiam uma penetração eficiente. O jeito, era apostar nos cruzamentos. E foi em um desses lances que a história do jogo começou a mudar. Depois de boa jogada de Zé Mário pela direita, a bola sobrou para Leleu, que cruzou perto da marca do pênalti. Ligado na jogada, Marcelinho ganhou por cima e cabeceou no contrapé de Pablo, que apenas acompanhou a trajetória da bola para dentro de sua barra.

Náutico
Alessandro; Jackson, Leonardo Luiz, William Alves e Zé Mário; Elicarlos, Yuri, Leleu e Marcos Vinícius (Vinícius, aos 9’ do 2ºT); Careca (Hugo, aos 26’ do 2ºT) e Geovane (Marcelinho, no intervalo).Técnico: Lisca.

Sergipe
Pablo; Moisés, Lelo e Belém; Bruno Bacabal (Magno, aos 15’ do 2ºT), Rafael, Jonathan, Cloves (Dudu, aos 26’ do 2ºT), João Paulo e Edinho; Júnior Pirambu (Rafinha, aos 20’ do 2ºT). Técnico: Vinícius Saldanha.

Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata. Árbitro: Charles Hebert Cavalcante Ferreira (AL). Assistentes: José Maria de Lucena Netto (PB) e Luis Filipe Gonçalves Correa (PB). Gols:Marcelinho (aos 34’ do 2ºT). Cartões amarelos: Marcos Vinícius, William Alves (Náutico), João Paulo, Rafael, Pablo, Dudu  (Sergipe). Público: 1.497. Renda: R$ 21.440,00.
 
Do Super Esportes 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker