Página inicial
 
Mural de recados
20.07 | Carlos
É verdade patativa é muita decepção, era melhor fechar as portas do que tanta hu ...
20.07 | Patativa
É o fim da picada até a piscina do central foi penhorado,o que é que falta acon ...
20.07 | Warley Santos (Respondendo José Arruda)
Caro José Arruda O PE SUB-20 vai começar no próximo dia 29 de julho ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
06/03/2014
18h38 | esportes - NÁUTICO
NÁUTICO -> Alvirrubro reforça comissão técnica com psicóloga
Clique e Confira.
A comissão técnica alvirrubra ganhou um reforço na tarde desta quinta-feira. A partir de agora, a psicóloga Aretana Azevedo passa a integrar o departamento de futebol do Náutico. A medida é parte do projeto de reestruturação do setor traçado pela administração de Glauber Vasconcelos.

A psicóloga não atenderá apenas o elenco profissional. Na verdade, sua atuação se estenderá a qualquer funcionário do clube, segundo explicou o gerente de futebol Lúcio Surubim. “Hoje em dia, é uma figura fundamental para que possamos enfrentar as dificuldades do dia a dia. Temos que cuidar da parte física, técnica e psicológica também”, justificou.

Apesar de ser o seu primeiro trabalho na área esportiva, Aritana explicou que trabalhar num ambiente predominantemente masculino não será um problema. “Servi no Hospital do Exército como tenente durante alguns anos e estou acostumada com este cenário. Muitas vezes, os homens se sentem mais à vontade para tratar alguns assuntos com mulheres”, contou.

Como a própria psicóloga fez questão de destacar, seu objetivo não será resolver um problema pontual, mas desenvolver um trabalho a longo prazo. “Os grandes clubes já vêm com isso há um tempo. O Náutico agora mostra esta condição diferenciada. Não venho pra solucionar um problema específico. É um trabalho a longo prazo. A ideia é que eu faça parte dessa equipe por muito tempo.”

Questionada sobre a possibilidade de ter o técnico Lisca como paciente, ela respondeu: “Também estou liberada para falar com Lisca. Tenho total acesso a todo mundo. E a relação do técnico com os jogadores é fundamental para o sucesso do grupo. Quanto mais fluida e sem ruídos ela for, melhor as coisas correrão.”
 
Do Super Esportes 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker