Página inicial
 
Mural de recados
27.04 | Givaldo
Esse tal de Patativa devia mudar o nome para Urubu, esse desgraçado só faz corta ...
27.04 | Patativa
Meu Deus isso foi mostrado e um gramado ou um chiqueiro ...
26.04 | MARCOS LEITE
O CENTRAL PERDEU VÁRIOS BONS JOGAGORES Q DISPUTARAM O PERNAMBUCACNO DESSE ANO, A ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
31/01/2014
10h05 | esportes - COPA DO NORDESTE
COPA DO NORDESTE -> Náutico peca na criatividade e perde de 1x0 para o Botafogo-PB
Clique e Confira.

Vontade não faltou ao Náutico no duelo contra o Botafogo-PB, na Arena Pernambuco, pela Copa do Nordeste. Todavia, futebol não é só disposição. A critividade também é necessária para se obter o gol. Isso foi a grande ausência do Timbu nesta quinta-feira. Por conta disso, o Alvirrubro não conseguiu furar a defesa do Belo, que soube se defender e levar perigo nas jogadas de velocidade e de bolas paradas. O gol dos paraibanos veio de escanteio cobrado aos três minutos do primeiro tempo. Lenílson mandou para as redes e deu a vitória de 1x0 para os visitantes.

Apesar do resultado, o Alvirrubro permanece na segunda colocação do Grupo D do regional com quatro pontos. Já o Botafogo-PB 'zera' os pontos que devia por causa de punição do Superior Tribunal de Justiça Desportiva pela escalação de jogadores irregulares O Belo segue na última posição. Na próxima rodada, o Timbu encara o Sport, em um clássico decisivo, outra vez na Arena Pernambuco. Já os paraibanos encaram o Guarany de Sobral, em casa


O JOGO - O técnico Lisca resolveu apostar praticamente no mesmo time que venceu o Sport na semana passada, na Ilha do Retiro. Sacou apenas Hugo para a entrada de Marcelinho no ataque. Em tese, era esperado um futebol no mesmo nível. No entanto, faltou melhor articulação para o Timbu. Zé Mário e Marinho até tentaram explorar as laterais como fizeram contra o Leão, mas foram barrados pelos defensores paraibanos. Restou ao Alvirrubro apostar no meio e aí veio o problema para os donos da casa.

Apenas com Yuri na armação pelo centro, ficou complicado para o Náutico criar suas jogadas. O meio de campo do Botafogo levou a melhor em praticamente todas as investidas do Timbu. Faltou um meia de maior criatividade para os alvirrubros, que praticamente não ofereceram perigo para o goleiro Genivaldo.

Lisca até que tentou resolver o problema da criação alvirrubra com a entrada de Marcos Vinícius no lugar de Possebon. O jovem do Timbu, contudo, pouco tocou na bola e não conseguiu articular as jogadas. Ao mesmo tempo, atletas como Zé Mário e Marinho também tiveram uma querda de rendimento. Ficou complicado para o Náutico chegar ao seu gol. As melhores chances dos donos casa surgiram mais de erros da zaga do Botafogo do que da organização alvirrubra. Na melhor delas, Marcelinho roubou bola e ficou na cara do goleiro. O atacante, todavia, mandou para fora.

Pelo outro lado, o Botafogo não se limitou a marcar e destruir o jogo do adversário. Com a bola nos pés, também atacou. Explorou a velocidade pelos lados e as bolas paradas para levar perigo. Os defensores do Timbu tiveram bastante trabalho para impedir os cruzamentos do Belo, sejam eles vindos de jogadas pelas alas ou de bolas paradas. O gol no início ajudou muito o jogo dos visitantes, que ditaram o ritmo da partida com a vantagem ao seu lado. O Belo teve uma redução do volume de jogo na etapa final, mas não chegou a ser ameaçado de fato, fora algumas falhas da defesa. A marcação como um todo conseguiu segurar o ímpeto Timbu e a vitória.

FICHA DA PARTIDA - NÁUTICO 0X1 BOTAFOGO-PB

Náutico: Gideão; João Ananias, William Alves, Flávio e Gerley (João Paulo); Elicarlos, Possebon (Marcos Vinícius), Yuri, Zé Mário e Marinho; Marcelinho (Hugo). Técnico: Lisca.

Botafogo-PB: Genivaldo; Ferreira, Magno, Everton e Luciano Amaral (Leomir); Zaquel, Hércules, Celico e Lenílson (Izaías); Rafael Aidar (Thiaguinho) e Frontini. Técnico: Marcelo Villar.

Copa do Nordeste. Local: Arena Pernambuco, Recife (PE). Árbitro: Cláudio Silva (SE). Assistentes: Cleriston Rios e Victor Cruz (ambos de SE). Gols: Lenílson (B) aos três minutos do primeiro tempo. Amarelos: Luciano Amaral (B), Yuri (N), Zé Mário (N), Rafael Aidar (B), Ferreira (B), Marcelinho (N), João Ananias (N) e Genivaldo (B).

Do Blog do Torcedor


.
 
 
 
eXTReMe Tracker