Página inicial
 
Mural de recados
24.11 | Kaio
Tbm tem q trazer o Naldinho e Caça Rato e trazer um zagueiro experiente ...
22.11 | CLEO
VERDADE MARCONDES ESSA É A HORA DA MASSA ALVINEGRA AJUDAR O CENTRALZÃO. ...
22.11 | MARCONDES
TODOS UNIDOS PELO CENTRAL, IMPRENSA, DIRETORIA E TORCIDA SÓ ASSIM O CENTRAL VAI ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
18/10/2013
22h28 | esportes - SÉRIE A
SÉRIE A > Náutico x Santos - 18h30 - Arena Pernambuco
Clique e Confira.
O técnico Marcelo Martelotte admitiu, depois do jogo contra o São Paulo, que o Náutico estava rebaixado. E acredita que confessar previamente a queda pode ser benéfico para o time. A lógica do argumento é simples: sabendo que a situação é irreversível, o time alvirrubro pode encarar os adversários com menos pressão. Se a estratégia vai dar certo, o torcedor irá saber a partir deste sábado, às 18h30, na Arena Pernambuco. O Timbu enfrenta o Santos para validar a ideia de seu comandante.

"Não é tatica, é uma realidade. Com a pontuação do rpimeiro turno, fica impossível de reverter a situação em tão poucos jogos. Mas podemos jogar com leveza até por esse motivo - sem objetivo concreto. É provavel que os jogadores se sintam mais leves, mas sem deixar de lado a responsabilidade que temos", disse o técnico.

O time que enfrenta o Santos não foi definido. Martelotte explica por quê: "A equipe não está definida. Estamos pensando em algumas situações e na questão de observações. Mas essas observações valem para todos os jogadores", afirmou. Nos últimos treinos, ele não deu pistas de quem poderá entrar no time.

Há possíveis novidades. O atacante Rogério está recuperado de uma lesão que o tirou do time por mais de um mês. Pode ficar como opção no banco de reservas ou, ainda, entrar como titular. A última possibilidade, no entanto, é menos provável. Além dele, o zagueiro João Filipe também está á disposição. O defensor não pôde atuar contra o São Paulo pela força do contrato que o liga ao clube paulista. Pode voltar ao time nesta partida.

No lado dos desfalques, há dois certos. O zagueiro Leandro Amaro, lesionado, só deve voltar no jogo seguinte, contra o Goiás. O volante prata-da-casa Helder também permanece fora.

ADVERSÁRIO - Com remotas chances de chegar ao G4 do Brasileiro, o Santos precisa da vitória contra o Náutico. O técnico Claudinei promove duas mudanças na equipe. Os laterais Cicinho e Mena voltam a ser opções e, portanto, retornam ao time. Bruno Peres e Emerson vão para a reserva. Nenhuma novidade no restante da equipe. Thiago Ribeiro segue sendo a principal opção ofensiva e maior esperança do time.

Ficha do Jogo

Náutico: Ricardo Berna; Maranhão, Luiz Eduardo, Allison (João Filipe) e Bruno Collaço; Derley, Elicarlos, Martinez e Tiago Real; Rogério e Maikon Leite.Técnico: Marcelo Martelotte

Santos: Aranha; Cicinho, Edu Dracena, Gustavo Henrique e Mena; Alison, Arouca, Cícero e Montillo; Thiago Ribeiro e Everton Costa. Técnico: Claudinei Oliveira

Local: Arena Pernambuco; Horário: 18h30; Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ); Assistentes: Enoque Costa Pacheco (AP) e Francisco Rudson Rocha Aquino (CE)
 
Do Blog do Torcedor 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker