Página inicial
 
Mural de recados
22.06 | Paulo alvinegro
Pois é patativa também dei a viagem perdida não tinha ingresso nenhum na sede o ...
22.06 | Patativa
O central e seu amadorismo fui até o lacerdao nesta quinta feira comprar meu ing ...
22.06 | José
Boa tarde Warley, Se caso o central empatar essa partida, ele ta classificado ? ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
28/09/2013
12h28 | esportes - SÉRIE A
SÉRIE A > Náutico domina Coritiba e conquista terceira vitória no Campeonato Brasileiro: 3x0
Clique e Confira.
Demorou. Demorou mais do que deveria, inclusive. Mas o Náutico voltou a vencer a Série A. Ontem, na Arena Pernambuco, o time alvirrubro bateu o Coritiba por  a 0 e deu fim à sequência de partidas sem vitórias, que já era a maior da história do clube na primeira divisão. Ainda afundado na lanterna e sem muito ânimo para ensaiar uma esperança, o time comemora o fato de, pela primeira vez, pontuar em três partidas seguidas nesta edição do campeonato.

 

Foi um primeiro tempo de um time só. No caso, o Náutico. Mostrando o mesmo

 

empenho e atitude do último jogo, a equipe alvirrubra colocou o Coritiba na
roda. Com apenas 10 minutos de jogo, o Timbu criou três boas chances de gol.
Duas com o atacante Maikon Leite. Primeiro ele recebeu de Maranhão, após o
lateral direito passar por três adversários, e bateu. A bola passou perto. Em
seguida, arriscou de fora da área e obrigou Vaná a fazer uma grande defesa.
Dadá também tentou de longe. De novo, o goleiro do Coxa pegou.

 

A pressão alvirrubra continuou, mas as chances não foram tão boas como no

 

começo da primeira etapa. Sorte do Náutico, que o Coritiba veio ao Recife sem
inspiração. A única boa oportunidade dos paranaenses só veio aos 40 minutos.
Alex chutou da entrada da área e obrigou Gideão a, enfim, trabalhar.

 

 


No intervalo, Marcelo Martellote sacou João Paulo e mandou Olivera para o
campo. E o uruguaio resolveu. Maranhão arrancou pela direita e cruzou na
medida. O atacante subiu mais do que a defesa alviverde e mandou no ângulo
esquerdo de Vaná. Náutico 1 a 0. No lance, seguinte foi a vez de Olivera dar
uma de garçom e servir Maikon Leite, na área. Mas o atacante atirou por cima.

 

 


Aos 15 minutos, a situação do Coxa ficou ainda mais complicada. Escudero, que
já tinha recebido o cartão amarelo, acertou Martinez e recebeu o vermelho. Com
um a mais, o Náutico dominou de vez a partida. Mas quase sofreu o empate. Em
um contra-ataque, Alex achou Robinho, que entrou livre pela direita, mas bateu
muito mal.

 

 


O susto sacudiu o Náutico, que resolveu ir para cima. Aos 30, Dadá fez grande
jogada e passou para Maikon Leite entrar pela direita, tocar por baixo do
goleiro e sacramentar a vitória. Que se transformaria em goleada aos 38
minutos do segundo tempo, gol marcado pelo atacante Maikon Leite, o seu
segundo na partida.

 

 

Volante Elicarlos completou 200 jogos pelo Náutico na vitória deste sábado (Bernardo Dantas/DP/D.A Press)
Volante Elicarlos completou 200 jogos pelo Náutico na vitória deste sábado

 

 

 

Ficha do Jogo

Náutico 2

Gideão; Maranhão (Auremir), William Alves, João Felipe e Bruno Collaço;
Elicarlos, Dadá, Tiago Real (Morales) e Martinez; Maikon Leite e João Paulo
(Oliveira). Técnico: Marcelo Martellote

Coritiba 0

Vaná; Victor Ferraz, Bonfim, Chico e Escudero; Gil, Robinho, Bottinelli (Dudu)
e Alex; Vítor Júnior (Lincoln) e Bill (Emerson Santos). Técnico: Marcelo
Serrano (Interino)

Gols: Oliveira (5m/2T) e Maikon Leite (30m/2T)

Cartões amarelos: Escudero, Lincoln, Gil e Bottinelli (C)

Cartões vermelhos: Escudero (C)

Público:7.075

Renda: R$156.500,00

 

 

 

Árbitro: Cláudio Francisco Lima e Silva (SE)

Auxiliares: Aílton Farias da Silva e Esdras Mariano de Lima Albuquerque

 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker