Página inicial
 
Mural de recados
27.04 | Givaldo
Esse tal de Patativa devia mudar o nome para Urubu, esse desgraçado só faz corta ...
27.04 | Patativa
Meu Deus isso foi mostrado e um gramado ou um chiqueiro ...
26.04 | MARCOS LEITE
O CENTRAL PERDEU VÁRIOS BONS JOGAGORES Q DISPUTARAM O PERNAMBUCACNO DESSE ANO, A ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
23/09/2013
19h30 | esportes - NÁUTICO
NÁUTICO > Diretoria timbu não vai contratar mais nenhum jogador para o Brasileiro
Clique e Confira.
A contratação do técnico Marcelo Martelotte foi a última cartada da diretoria do Náutico para tentar o milagre de evitar o rebaixamento à Série B ou, pelo menos, terminar o Campeonato Brasileiro de forma mais digna. Até porque a direção alvirrubra já adiantou que não irá mais trazer jogadores para os 16 jogos restantes da competição. O que, inclusive, ficou acordado com o próprio Martelotte durante a negociação com o treinador. A ideia e valorizar cada vez mais os atletas das categorias de base. 

"A prioridade dele é motivar o grupo que está ai e subir a base. Esse foi o acordo feito. Não vamos aceitar nenhuma indicação. Por outro lado, demissões podem acontecer. E essa análise quem vai fazer é Martelotte", afirmou o diretor de futebol Alexandre Homem de Melo. "Mesmo com a possível saída de jogadores, quem vai preencher esses espaços é a base. Temos um time sub-20 que tem condições de ser bicampeão estadual e está fazendo um papel interessante na Copa do Brasil (eliminou o Ceará com direito a goleada por 8 a 2 no jogo de volta)", lembrou o dirigente.

Eleição
Com o fim do colegiado alvirrubro, Alexandre Homem de Melo se tornou o homem forte do futebol do clube. Porém, ser um possível candidato da situação na eleição do clube não faz parte dos planos do dirigente. "Não quero ser, nem vou aceitar que usem o meu nome. Meu negócio é trabalhar apenas no futebol, onde eu posso ajudar", disse.

Apesar de continuar ao lado do presidente Paulo Wanderley, o dirigente também evitou, por enquanto, declarar apoio a qualquer lado na eleição de dezembro. "Vou votar no melhor nome para o Náutico. Pode ser situação, oposição ou terceira via", disse.
 
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker