Página inicial
 
Mural de recados
29.04 | Paulo alvinegro
Gostei muito da contratação de Marcelo bonan excelente goleiro. ...
28.04 | Antonio
Esse Danilo Costa parece ser um monstro na zaga ...
28.04 | Anderson
Esse zagueiro Danilo parece ser um bom jogador para a nossa PATATIVA!!!! ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
19/09/2013
22h58 | esportes - SÉRIE A
SÉRIE A > Náutico segue sua via crúcis e perde para Portuguesa por 3 a 0
Clique e Confira.
Se o discurso cansativo e vazio do elenco e do técnico Levi Gomes é de não jogar a toalha, a atitude mostrada a cada jogo é de um time que já aceitou o rebaixamento. Nesse Campeonato Brasileiro, o Náutico é uma equipe que se acostumou com as derrotas. Sem capacidade de se incomodar com elas, mostra uma passividade incrível. Como se rezasse para a Série A acabar o quanto antes. Para o desespero timbu, ainda faltam 17 jogos. Ontem, no Canindé, mais uma derrota. Sem esforço, Portuguesa xXx. O 16º revés do time em toda a campanha. A 12ª rodada sem vitórias. Nove pontos. A caminho da pior campanha de todos os tempos.

Para a partida, o técnico Levi Gomes resolveu apostar em uma formação ofensiva, com três atacantes. Mas quem dera todos os problemas do Náutico nessa Série A se ressumisse ao esquema tático. Apesar de três homens na frente, o goleiro Lauro, da Lusa, sequer sujou as luvas. Sem força, o Timbu apenas cruzava na área, se livrando da bola.

Já a Portuguesa, que está longe de ser um grande time e deve lutar até o final do Brasileiro contra o rebaixamento, foi fazendo seus gols sem dificuldades. Aos sete minutos, Moisés cabeceou completamente livre na área, tirando do alcance de Gideão, que substituiu Ricardo Berna, lesionado. Aos 30, Gilberto mandou uma bomba de muito longe. Gideão aceitou. Dez minutos depois, Bruno Henrique, cobrando falta, fez o terceiro. Tudo em ritmo de treino. Os paulistas ainda colocaram uma bola no travessão e Jean Rolt salvou um gol em cima da linha.

No segundo tempo, o técnico Levi Gomes fez duas mudanças. Colocou o zagueiro João Felipe e o volante Helder nas vagas de Dadá e do atacante Beluzzo, que já havia entrado no lugar de Jonas Carioca no primeiro tempo. A mudança tinha como objetivo evitar um vexame maior. Como não levou gols (Bergson perdeu um, sem goleiro), pode-se dizer que pelo menos essa meta foi atingida. Pobre Náutico.

No domingo, o Timbu segue sua via crúcis. Enfrenta, na Arena Pernambuco, o Flamengo, que também está em crise. Após a derrota por 4 a 2, ontem, para o Atlético-PR, no Maracanã, o técnico Mano Menezes pediu demissão do rubro-negro carioca.

Ficha do jogo

Portuguesa
Lauro; Luis Ricardo. Moises Moura (Correa), Valdomiro, Brian,Ferdinando, Bruno Henrique, Moisés e Souza (Cañete). Bergson e Gilberto (Henrique). Técnico: Guto Ferreira

Náutico
Gideão; Dadá (João Felipe), Jean Rolt, Leandro Amaro e Bruno Collaço; Auremir, Derley e Tiago Real; Hugo, Olivera e Jones Carioca (Beluzzo) (Helder). Técnico; Levi Gomes.

Local: Estádio do Canindé (SP). Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG). Assistentes: Pablo Almeida da Costa (MG) e Rafael Trombeta (PR). Gols: Moisés (7 do 1º), Gilberto (34 do 1º), Bruno Henrique (41 do 1º). Cartões amarelos: Jean Rolt, Leandro Amaro e Jones Carioca. Público:1.808.
 
Do Blog do Torcedor 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker