Página inicial
 
Mural de recados
21.09 | MARCONDES
SERÁ Q O CENTRAL FOSSE PEDIR PRA PREFEITA DAR UMA GERAL NO CT, ELA PELO MENOS MA ...
21.09 | VICTOR HUGO
A PREFEITA É D CARUARU, MAS NÃO FAZ NADA PELOS 2 CLUBES CENTRAL E PORTO, ELA DEV ...
21.09 | Paulo alvinegro
É muito engraçado o presidente do central pra conseguir falar com o prefeito de ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
13/06/2013
15h32 | esportes - NÁUTICO
NÁUTICO -> Alegando problemas pessoais, Lucho Figueiroa não vem mais para o timbu
Oferecimento: Bezerra Engenharia
Lucho Figueroa chegou no Recife, ontem à tarde, para acertar com o Náutico, porém a negociação foi por água abaixo nesta quinta-feira. Alegando problemas pessoais, o atacante não assinou contrato e optou por voltar à Argentina.

 

 Seu procurador, Gerardo Nolan, e seu pai, Jorge Figueroa, estiveram os Aflitos para explicar a situação. "Havia um acerto financeiro, estava tudo acordado, mas problemas pessoais surgiram e ele tomou a decisão de retornar para a Argentina. Foi uma decisão difícil, pois ele queria jogar aqui, mas priorizou a família. É uma situação difícil para o clube também, pois ele contava com o jogador", disse o procurador.

 


Gerardo Nolan fez questão de ressaltar que o problema não foi de ordem fincanceira. "Estava tudo acordado, o atleta estava satisfeito, fpo exclusivamente pessoal. Essa situação apareceu hoje", disse. Segundo ele, o jogador, inclusive, não deve nem acertar com algum time argentino nesse momento. "Ele não pode assumir nenhum compromisso agora", limitou-se a dizer. Nem o procurador nem o pai de Lucho quiseram entrar em detalhes sobre qual seria o problema pessoal do atacante, afirmando apenas que diz respeito a sua esposa que está grávida de cinco meses e passou por complicações.

Segundo Vinicius Labanca, membro do colegiado alvirrubro, lamentou o fato de não contar com o reforço. "É um jogador de repercussão internacional. Negociamos com ele por 20 dias, mandamos até uma pessoa nossa para a Argentina. O atleta chegou empolgado, mas infelizmente compreendemos e não podemos interferir na vida pessoal dele. É traumático para nós, para a torcida, mas o clube segue contratatando", garante.

De acordo com o dirigente, o mercado sulamericano contina no foco alvirrubro. "Estamos atrás de jogadores de fora e do Brasil. Não posso falar muito, para não atrapalhar, mas vamos montar um elenco forte. Estamos negociando com um jogador venezuelano, mas se eu falar ficar mais difícil de trazer", admite.
 
Do Super Esportes 

 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker