Página inicial
 
Mural de recados
22.02 | Centralino
Só me pergunto porque trouxeram esse raniere e o tal de Rafael 1 meia e 1 volant ...
22.02 | Carlos
O central joga com menos um com esse Luizão eita jogador ruim da porra. ...
22.02 | ailton
este luizão não presta e ruim de maisss ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
07/02/2018
00h53 | esportes - COPA DO NORDESTE
COPA DO NORDESTE - Santa Cruz 3x0 Treze - Com nova estratégia, Tricolor foi superior e conseguiu a primeira vitória da temporada; equipe chegou à vice-liderança do Grupo A do Nordestão
Saiu, enfim, a primeira vitória do Santa Cruz na temporada 2018. No sétimo jogo do ano, a equipe coral apresentou um futebol eficiente e, mortal nos contra-ataques, venceu o Treze por 3 a 0, na noite desta terça-feira, pela segunda rodada da Copa do Nordeste. Cumprindo punição do STJD, o Arruda não pôde receber torcedores. Muitos tricolores, porém, ficaram do lado de fora do estádio e celebraram o êxito do Mais Querido, que levou o time aos quatro pontos e a vice-liderança do Grupo A do Nordestão - dois pontos atrás do CRB.

Os gols do Santa Cruz foram marcados por Vítor e Jeremias, no primeiro tempo, e Arthur Rezende, na etapa final. O Tricolor agora só volta a campo no próximo dia 14, após a pausa para o carnaval, contra o Afogadense, no Sertão pernambucano, pelo Estadual.

O jogo
O Santa Cruz foi superior ao Treze desde os primeiros minutos da partida. Com uma estratégia diferente dos jogos anteriores, o Tricolor adotou uma postura mais objetiva. Em vez do futebol de troca de passes envolvente, em que o time jogava e deixava o adversário jogar, a equipe coral priorizou a defesa e os contra-ataques em velocidade. Não tardou a funcionar. Logo aos quatro minutos, Vítor recebeu grande passe de Vinícius no meio da área e dividiu com o goleiro Saulo. No bate-rebate, a bola acabou indo morrer nas redes.

Era tudo o que o Santa Cruz precisava para ganhar tranquilidade na partida. Em vantagem, os tricolores esperaram o Galo no campo de defesa. Sem pressa, segurou com certa tranquilidade os avanços do Treze. Em dois lances, Tiago Machowski defendeu finalizações com algum perigo. Quando os paraibanos esboçavam uma reação, mais um golpe mortal do time coral. Aos 22, em contra-ataque rápido, Jeremias recebeu na frente, avançou e tocou com frieza na saída de Saulo para ampliar. Firme na marcação e arriscando mais contragolpes, o Santa Cruz rondou a área adversária até o fim da etapa, porém sem novo sucesso. Foi para o intervalo com uma justa vitória parcial.
 
 Segundo tempo
A etapa final começou em um ritmo mais lento. Em boa vantagem, o Tricolor evitou ao máximo se arriscar. Tocando a bola de maneira inteligente esperou o Treze voltar a abrir brechas para contra-atacar. Como aos 15, quando Luiz Otávio avançou e chutou de fora da área para boa defesa de Saulo. 

Todo fechado na defesa e armado para os contra-ataques, o Santa Cruz segurou bem a pressão que o Treze tentou imprimir. E, mantendo a estratégia, por muito pouco não ampliou aos 27. Primeiramente, Jeremias finalizou para boa defesa de Saulo. No rebote, Ávila mandou na rede pelo lado de fora. Não fez falta. Afinal, no minuto seguinte, o contra-ataque foi mortal. Robinho subiu em velocidade pela direita e tocou na medida para Arthur mandar para as redes sacramentando a vitória coral.

Ficha do jogo

Santa Cruz 3
Tiago Machowski; Vítor (Ítalo), Genílson, Augusto Silva e Ávila; Jorginho (Ilaílson), Luiz Otávio e Arthur Rezende; Jeremias (Augusto), Robinho e Vinícius. Técnico: Júnior Rocha.

Treze 0
Saulo; Marcelinho, Leonardo Luiz, Ítalo e Rayro (Caíque); Elielton, Dedé, Johnnattan e Marcelinho Paraíba (Tininho); Fábio Neves e Reinaldo Alagoano. Técnico: Oliveira Canindé.

Local: Arruda, no Recife. 
Árbitro: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN). 
Assistentes: Flávio Gomes Barroca (RN) e Vinícius Melo de Lima (RN).
Gols: Vítor (4’ do 1ºT), Jeremias (22’ do 1ºT) e Arthur (28’ do 2ºT) (S).
Cartões amarelos: Arthur Rezende, Jorginho, Tiago Machowski (S); Elielton, Marcelinho (T).
 
do super esportes pe 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker