Página inicial
 
Mural de recados
16.01 | Anderson
Davi, Fernandinho saiu do Central e foi para o Ferroviário-CE. ...
16.01 | Ronaldo Fonseca
O Central só tem estes 8 jogadores regularizados? Preocupante. ...
16.01 | Torcedor
Esse time do Salgueiro vai brigar pra não ser rebaixado, o time é muito fraco. ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
11/01/2018
12h11 | esportes - SANTA CRUZ
Santa Cruz empata com América-PE no último jogo-treino antes da estreia na temporada 2018
O último teste do Santa Cruz antes da estreia na Copa do Nordeste foi um pouco decepcionante. O time titular não fez muito no primeiro tempo e a produção ofensiva foi bem aquém do esperado. Um aspecto que já vinha sendo sinalizado pelo técnico Júnior Rocha como sua maior preocupação.

A equipe começou com: Tiago Machowski; Vítor, Renato Silveira, Augusto Silva e Paulo Henrique; Jorginho, João Ananias e Daniel Sobralense; Arthur Rezende, Robinho e Augusto. No papel, a formação é um 4-4-2 e foi o desenho tático quando o time coral estava sem a bola. Contudo, quando a equipe estava com a bola o time atua 4-3-3. Algo que deveria facilitar a criação, mas não foi do modo esperado.

O Santa Cruz teve Arthur Rezende como armador, Daniel Sobralense funcionando como um camisa 9, ou um falso 9, e Augusto e Robinho pelas pontas. Para a estreia contra o Confiança, a formação ofensiva pode ser essa e isso pode ser preocupante pelo desempenho visto em campo. No primeiro tempo, nenhuma grande chance foi criada por ambos os times. O melhor jogador ofensivo foi Robinho que conseguia dar algum trabalho a defesa do America. Ao menos o sistema defensivo funcionou e mostrou que pode passar tranquilidade para o torcedor coral.

Na segunda etapa, o Santa Cruz só teve a saída de Augusto Silva para a entrada de Genílson e o ritmo ficou mais acelerado. Com um minuto do segundo tempo, o América saiu na frente através de cobrança de pênalti e o Santa Cruz não empatou minutos depois, também em penalidade, porque Arthur Rezende bateu mal. Ao menos o atleta se redimiu após o cobrar falta na cabeça de Jorginho, que empatou a partida.

Aos 25 minutos do segundo tempo, o técnico Júnior Rocha mudou toda a equipe e deixou Santa Cruz com: Machowski, Ítalo, Genílson, Júnior e Wesley; Ilaílson, Lucas Gomes, Jeremias, Geovani e Robinho Mota; Anderson. A partir daí, o jogo-treino ficou marcado por faltas duras, expulsões (duas do América e uma do Santa Cruz) e o melhor lance foi uma bola na trave cabeceada por Anderson.
 
DO SUPER ESPORTES PE 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker