Página inicial
 
Mural de recados
16.01 | Anderson
Davi, Fernandinho saiu do Central e foi para o Ferroviário-CE. ...
16.01 | Ronaldo Fonseca
O Central só tem estes 8 jogadores regularizados? Preocupante. ...
16.01 | Torcedor
Esse time do Salgueiro vai brigar pra não ser rebaixado, o time é muito fraco. ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
21/11/2017
12h33 | esportes - SANTA CRUZ
SÉRIE B - Santa Cruz 5x2 Juventude
Em jogo de despedida da competição, Tricolor do Arruda conquistou sua segunda vitória no segundo turno
O jogo entre Santa Cruz e Juventude tinha tudo para ser uma partida sem graça, digna de duas equipes que não aspiravam mais nada na Série B, e que tiveram o duelo antecipado por não valer mais nada na Série B. Surpreendentemente, a partida foi bem mais interessante do que era esperado e terminou com uma inútil goleada tricolor por 5 a 2.

Em clima de ressaca, o Santa Cruz entrou em campo com um time desfigurado, sem nomes como Julio Cesar, Grafite e Ricardo Bueno. O pequeno público que foi ao Arruda também não se preocupava com a partida e parecia ter ido ao estádio por falta de algo mais relevante para fazer. Força do hábito, talvez, ou pela necessidade de protestar. Um ou outro torcedor coral que estava no Arruda tentou apoiar o time em algum momento. A “maioria” estava nas arquibancadas para xingar a criticar as atuações individuais em alto e bom som.

As reclamações eram justificáveis pela situação do time. O jogo, a essa altura do campeonato, não importava tanto. O ritmo era até acelerado em alguns momentos, e as equipes criaram chances que, com um pouco mais de capricho ou qualidade dos jogadores, poderiam ter acabado no fundo das redes. 

Nesse contexto, o primeiro gol demorou. Só saiu aos 40 minutos, após uma grande confusão na área. Anderson Salles chutou de qualquer jeito a bola, que era disputada por ele e pelo goleiro adversário. Placar inaugurado e ampliado logo em seguida. Aos 43, William Barbio fez o segundo gol após bom cruzamento de João Ananias.
 
 Segundo tempo
O segundo tempo começou com o Juventude ensaiando uma reação. Aos seis minutos, Bruno Collaço cobrou falta na área e Mateus Santana descontou para os visitantes. Antes que a reação dos gaúchos pudesse ganhar corpo, entretanto, Marcílio, aos 12 minutos, e Halef Pitbull, aos 13, ampliaram a vantagem tricolor.

Quando parecia que tudo estava definido com 4 a 1 no placar, William Barbio recebeu passe de Pitbull, aos 24 minutos, e marcou o quinto gol da equipe coral. O bastante para que a torcida esquecesse por alguns minutos do rebaixamento e aplaudisse a única goleada coral na Série B. 

Para finalizar a partida, aos 35 minutos da segunda etapa, Vitor entrou em campo após 36 partidas. O atleta havia se lesionado na estreia do clube na Série B e talvez nem retornasse ao futebol em 2017. O camisa 2 substituiu Nininho, recebeu a braçadeira de capitão do zagueiro Anderson Salles e foi aplaudidíssimo pela torcida presente. O Juventude ainda diminuiu aos 43 minutos com um gol de Felipe Lima, que finalizou livre da grande área. 

A goleada deve ter sido a despedida do lateral-direito do Arruda e da maioria do atual elenco coral. Com o clube indo para a Série C, afundado numa crise financeira e com eleições daqui a 13 dias, é difícil imaginar que boa parte desses  atletas sigam nas Repúblicas Independentes do Arruda. 
 
Ficha do Jogo
Santa Cruz 5
Jacsson; Nininho (Vitor, aos 35’ do 2ºT), Bruno Silva, Anderson Salles e Yuri (Walber, aos 11’ do 2ºT); João Ananias, Marcílio (Lucas Gomes, aos 25’ do 2ºT) e Thiago Primão; João Paulo, William Barbio e Halef Pitbull. Técnico: Adriano Teixeira.

Juventude 2
Raul; Bruninho (Wallacer, aos 14’ do 2ºT), Micael, Maurício e Bruno Collaço; Vacaria (Yago, aos 8’ do 2ºT), Mateus Santana e Juninho; João Paulo, Wesley Natã (Felipe Lima, aos 22’ do 2ºT)  e Ramon. Técnico: Carlos Antônio Zago. 

Data: 21/11/2017
Estádio: Arruda
Árbitro: Paulo Henrique de Melo Salmazio (MS)
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Leandro dos Santos Ruberdo (MS)
Gols: Anderson Salles (aos 40’ do 1ºT), William Barbio (aos 43’ do 1ºT e 23’ do 2ºT), Marcílio (aos 12’ do 2ºT) e Pitbull (aos 13’ do 2ºT) (S); Mateus Santana (6’ do 2ºT) E Felipe Lima (as 43’ do 2ºT) (J)
Cartões amarelos: Maurício (J)
Público: 1.502
Renda: R$ 3.140,00
 
DO SUPER ESPORTES PE - FOTO: RICARDO FERNANDES 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker