Página inicial
 
Mural de recados
23.02 | kaio
Era Bom pro central Kiros Ou Junior Juazeiro ...
23.02 | VICTOR HUGO
O CENTRAL VAI PRA FINAIS DO CAMP. PE, COM CERTEZA , VAMOS CONTRATAR SÓ DPOIS DO ...
23.02 | KLEO
GALERA AS INSCRIÇÕES PRO CAMP. PE. ENCERROU , PRA CONTRATAR AGORA SÓ PRO BRASILE ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
15/09/2017
13h59 | esportes - Série B
SÉRIE B - Santa Cruz 3x0 Goiás - Tricolor volta a vencer após quase dois meses
Foram quase dois meses sem saber o que era uma vitória. Após oito jogos sem ter a sensação de conquistar três pontos, o Santa Cruz voltou a subir alguns postos na tabela com a vitória por 3 a 0 contra o Goiás nesta sexta-feira, no Arruda. O triunfo não foi fácil, não foi bonito, e só foi garantido quando Bruno Paulo marcou dois gols após os 40 minutos do segundo tempo, deixando todos no Arruda aliviados.

Além de voltar a triunfar, a Cobra Coral também saiu da zona de rebaixamento. Com 27 pontos, ultrapassou Luverdense, Figueirense e Goiás e agora ocupa a 15ª posição. Resta aguardar que o Luverdense não some pontos contra o Vila Nova ou Figueirense não vença o Internacional. Assim, o Tricolor  terminará a rodada fora do Z4. 

O Santa Cruz mostrou alguma evolução em relação à última partida. A repetição da escalação e os trabalhos realizados durante a semana surtiram efeito e o time não desperdiçou a primeira chance que teve. João Paulo apareceu como uma flecha para finalizar de cabeça entre os zagueiros o bom cruzamento de André Luis. Isso com apenas três minutos de partida.  

O bom início fez o Santa Cruz se lançar ao ataque e, aos 16 minutos, André Luis teve a melhor chance de aumentar a vantagem, mas chutou fraco para boa defesa de Marcelo Rangel. Thiago Primão também teve uma boa chance aos 24 minutos, mas mandou para fora. Após tanta pressão o Goiás decidiu atacar. Victor Bolt colocou na cabeça de Andrezinho e o goleiro coral fez grande defesa. Alex Alves também quase empata já no fim do primeiro tempo, mas o placar foi mantido e o time coral saiu aplaudido de campo. 

Segundo tempo

No segundo tempo o técnico Marcelo Martelotte não mudou sua equipe. Parecia desejar manter o mesmo desempenho do primeiro tempo. O problema é que o Goiás voltou diferente. E pressionou. Aos 11 minutos o atacante Tiago Luís perdeu uma chance incrível após desvio de Ramires em cobrança de escanteio. Cinco minutos depois foi a vez de Pedro Bambu assustar Julio Cesar em cobrança de falta perigosa. 

A situação coral ficou pior quando Derley pediu para sair, após uma entrada dura sofrida no tornozelo. Ao menos o Santa Cruz mostrou que não estava "morto" na partida. Em cobrança de escanteio ao 20 minutos Grafite carimbou o travessão de Marcelo Rangel.  O Goiás pressionava, mas dependia demais da qualidade do atacante Carlos Eduardo. 

O ritmo da partida seguiu sendo de correria dois visitantes e de postura defensiva dos donos da casa. Contudo, o Santa Cruz soube se impor nos minuos finais. Após Wellington Cézar carimbar a trave e Ricardo Bueno perder uma chance incrível, Bruno Paulo garantiu a vitória aos 40 minutos. João Paulo serviu o atacante, que livre de marcação, empurrou para o fundo das redes. Alívio no Arruda. 

Porém, não foi o último ato da partida. Bruno Paulo finalizou o seu "show à parte" ao driblar dois adversários e bater, sem ângulo, para fazer o terceiro do Santa Cruz e o seu segundo gol na partida. A festa no Arruda estava completa. 

FICHA DO JOGO

SANTA CRUZ
Julio Cesar; Nininho, Anderson Salles, Sandro e Tiago Costa; João Ananias, Derley (Wellington Cézar, aos 17’ do 2ºT) e Thiago Primão; João Paulo, André Luis (Bruno Paulo, aos 30’ do 1ºT) e Grafite. Técnico: Marcelo Martelotte.

GOIÁS
Marcelo Rangel; Pedro Bambu, Matheus Ferraz, Alex Alves e Carlinhos (Michael, aos 34’ do 2ºT); Victor Bolt (Elyeser, aos 19’ do 2ºT) , Ramires (Aylon, aos 19’ do 2ºT), Léo Sena e Andrezinho; Tiago Luís e Carlos Eduardo. Técnico: Sílvio Criciúma.

Estádio: Arruda. Árbitro: Daniel Nobre Bins. Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS). Gols:João Paulo (aos 3’ do 1ºT) e Bruno Paulo (aos 40’ e (S). Cartões amarelos: João Paulo, Nininho e Tiago Costa (S); Aylon (G). Público: 5.206. Renda: R$ 28.840,00

Do Super Esportes
 
 
 
eXTReMe Tracker