Página inicial
 
Mural de recados
21.09 | MARCONDES
SERÁ Q O CENTRAL FOSSE PEDIR PRA PREFEITA DAR UMA GERAL NO CT, ELA PELO MENOS MA ...
21.09 | VICTOR HUGO
A PREFEITA É D CARUARU, MAS NÃO FAZ NADA PELOS 2 CLUBES CENTRAL E PORTO, ELA DEV ...
21.09 | Paulo alvinegro
É muito engraçado o presidente do central pra conseguir falar com o prefeito de ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
26/08/2017
19h34 | esportes - Série B
SÉRIE B - Santa Cruz 1x2 CRB - Tricolor soma a sexta derrota seguida
A conta aumenta junto com a preocupação. Já são sete jogos sem vencer. Seis derrotas seguidas. A cada rodada, o Santa Cruz se complica e passa a ter uma relação cada vez mais perigosa com a zona de rebaixamento. Dessa vez, o Tricolor foi vítima do CRB, no Arruda. Saiu na frente do placar com um gol de Grafite, mas se desorganizou após o gol do empate no segundo tempo. O desespero levou a placar de 2 a 1 e deixou na 17ª posição, estacionado nos 24 pontos e na zona de rebaixamento.

 

Agora, o time de Givanildo Oliveira tem 14 dias para o próximo confronto na Série B. No dia 9 de setembro, o Santa Cruz visita o ABC, em Natal, em um duelo de desesperados.

 

O jogo

Em relação ao último confronto, o Santa Cruz começou a partida com duas mudanças. Sem Elicarlos, João Ananias ocupou a cabeça de área. Na criação, João Paulo assumiu o posto de Léo Lima. Com essas duas novas peças, o Tricolor passou um primeiro tempo sem sustos e soube superar a afobação inicial para sair na frente do placar.

Após começar o jogo errando muitos passes, o time de Givanildo Oliveira começou a mostrar movimentação ofensiva e passou a incomodar o CRB no terço final da etapa. Aos 30 minutos, Bruno Paulo criou uma boa chance com um chute de fora da área que foi parar no escanteio. Dois minutos depois, Grafite brilhou na sua volta ao Arruda.

 


Após cruzamento de Nininho, o camisa 23 subiu de cabeça, um pouco adiantado, e acertou o gol. Foi o fim do jejum que durava desde o dia 1º de fevereiro. Data em que o centroavante marcou até então o único gol na temporada na estreia pelo Atlético-PR contra o Millonarios, pela Copa Libertadores. Na frente do placar, o Tricolor soube controlar o jogo e também viu um CRB em péssima forma técnica, errando até domínio de bola.

 

Segundo tempo

 

O cenário do jogo na etapa final parecia inalterado. O Santa Cruz chegava com frequência ao ataque e perdeu até duas chances com Bruno Paulo. O CRB, na contramão, tinha muita dificuldade para trocar passes. Só em um lance isolado o time conseguiria o empate. 

E foi justamente assim. Acionado no segundo tempo, Toni aproveitou uma brecha na entrada da área e acertou um lindo chute de fora da área para igualar o marcador. Depois do gol, a partida ficou mais tensa e imprevisível com a chuva forte. 

O Santa Cruz passou a ter dificuldade para criar. Desorganizou-se. O CRB, então, cresceu. Chegou a acertar o travessão com uma falta cobrada por Neto Baiano. No fim, contudo, veio o golpe final. Aos 43 minutos, a bola sobrou para Chico escorar o gol e virar o marcador.

 

Ficha do jogo

Santa Cruz 1

Julio Cesar; Nininho, Anderson Salles, Sandro e Yuri; João Ananias, Derley e João Paulo (Julio Sheik); André Luis (Ricardo Bueno), Bruno Paulo (Léo Lima) e Grafite. Técnico: Givanildo Oliveira.

CRB 2

 

Edson Kolln, Eduardo (Toni), Flávio Boaventura, Adalberto e Diego; Rodrigo Souza, Edson Ratinho, Jorginho (Marion) e Chico; Elvis (Yuri) e Neto Baiano. Técnico: Dado Cavalcanti. 

Estádio: Arruda. Árbitro: Alinor Silva da Paixão (MT). Assistentes: Marcelo Grando (MT) e Renan Antônio Angelim Rodrigues (MT). Gols: Grafite (32min do 1T); Toni (14min do 2T), Chico (43min do 2T). Cartões amarelos: Bruno Paulo, Grafite, Yuri, Derley (S); Eduardo, Adalberto, Flávio Boaventura, Chico, Neto Baiano (C). Público: 8.110 pessoas. Renda: R$ 56.690,00.

 


Do Super Esportes
 
 
 
eXTReMe Tracker