Página inicial
 
Mural de recados
19.10 | Antonio do Salgado
Respondento a Paulo. Meu chefe a diretoria é nova no clube, mais os funcionár ...
18.10 | MARCOS LEITE
É VERDADE PAULO RICARDO, DIRETORIA VAI ARRUMAR A KSA, ISSO NÃO PODE SER FEITO DA ...
18.10 | Paulo R
! Antônio, amigo a nova diretoria só faz 15 dias que assumiu o club e vc pergunt ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
13/06/2017
23h32 | esportes - Série B
SÉRIE B - Ceará 1x3 Santa Cruz - Tricolor retorna ao G4 da competição
O Santa Cruz está de volta ao G4 da Série B do Brasileiro. A depender do desempenho do time nesta terça-feira, na Arena Castelão, um novo treinador não deverá chegar tão cedo ao Arruda. Sob o comando do interino Adriano Teixeira, o Tricolor exorcizou as derrotas nas duas últimas rodadas e ganhou do Ceará, de virada. A equipe saiu perdendo por 1 a 0 no primeiro, mas melhorou no segundo e fez 3 a 1 com Léo Lima, Bruno Paulo e Ricardo Bueno.
 
A preparação do Santa Cruz para o jogo foi na base da conversa entre os atletas e Adriano Teixeira. Com uma zaga reservas devido à lesão dos titulares da posição, o Tricolor experimentou um susto logo com dois minutos de jogo. Magno Alves colocara a bola próxima à trave de Julio Cesar. O Ceará dominava o meio-campo. Estreando como titular, o veterano Léo Lima começou mal na criação. 
 
Julio Cesar evitou gol do mesmo Magno Alves, aos 14. Grande defesa de mãos trocadas para salvar um Santa Cruz recuado e nulo ofensivamente. A equipe de Adriano Teixeira jogou nessa toada até o intervalo. Durante todo o primeiro tempo, não chutou uma vez sequer na direção da barra adversária. Só três à longa distância e sem nenhuma direção, com Ricardo Bueno, Gino e Bruno Paulo.
 
Estava muito fácil para o Ceará. Em um erro de posicionamento da defesa tricolor depois de escanteio, Pedro Ken ficou livre e abriu o placar, aos 27. O Santa só foi se soltar um pouco mais na reta final do primeiro tempo. Mais na base dos erros do oponente e da individualidade de jogadores como Bruno Paulo.
 
O Santa retornou no mesmo ritmo que terminou a etapa inicial. Mas num dos lances isolados que buscou o gol, uma bola conduzida por André Luís espirrou nos pés de Léo Lima. Frente a frente com Éverton, prevaleceu a experiência do veterano. Com um toquezinho por cobertura, empatou a partida, ainda aos 16. 
 
O Santa se equivaleu aos mandantes após o gol. O Ceará chegou a colocar uma bola na trave, entretanto. Uma jogada bem tramada pelos pernambucanos, aos 25 minutos, acabou na virada. Thiago Primão, que havia entrado no lugar de Léo Lima, serviu Bruno Paulo. Com categoria, tirou do goleiro: 2 a 1. Depois de ter colocado duas peças ofensivas - Primão e Augusto -, Adriano recuou o time. Colocou o volante Wellington Cézar. Ainda assim, a Cobra Coral foi inteligente. Ampliou. Augusto fez grande lance e serviu Ricardo Bueno. Em impedimento, fez 3 a 1, aos 35. Julio Cesar salvou o Tricolor quando foi preciso. O Santa poderia até ter feito o quarto.
 
Ficha do jogo
 
Ceará
Éverson; Cametá, Rafael Pereira, Valdo e Romário; Raul, Richardson (Felipe Menezes), Pedro Ken (Pio) e Rafael Carioca (Arthur); Magno Alves e Roberto. Técnico: Givanildo Oliveira.
 
Santa Cruz
Julio Cesar; Nininho, Jaime, Eduardo Brito e Roberto; Elicarlos, Gino (Thiago Primão), Léo Lima (Augusto), André Luís e Bruno Paulo (Wellington Cézar); Ricardo Bueno. Técnico: Adriano Teixeira (interino).
 
Estádio: Arena Castelão (Fortaleza-CE). Árbitro: Wanderson Alves de Sousa (MG). Assistentes: Sidmar dos Santos Meurer (MG) e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG). Cartões amarelos: Roberto, Raul (Ceará); Elicarlos e Bruno Paulo (Santa Cruz). Gols: Pedro Ken (27’ do 1T, Ceará), Léo Lima (16’ do 2T, Santa) e Bruno Paulo (25’ do 2T, Santa) e Ricardo Bueno (31 do 2T, Santa) . 

Do Super Esportes
 
 
 
eXTReMe Tracker