Página inicial
 
Mural de recados
18.08 | MARCOS LEITE
NA ELEIÇÃO DO CENTRAL, TEM QUANTOS CANDIDATOS A PRESIDENTE? EIS A QUESTÃO PROCUR ...
17.08 | Ronaldo fonseca
As bate chapas está aí! Qual será a mais benéfica para O glorioso????? De a s ...
16.08 | CLEO
O TERRENO ONDE DEVEM CONSTRUIR O CT DO CENTRAL? TÁ JOGADO PRAS COBRAS, COMO SE D ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
23/05/2017
12h52 | esportes - Série B
SÉRIE B - CRB 1x0 Santa Cruz - Gol de pênalti de Neto Baiano decretou fim da série invicta de cinco jogos do Tricolor
O Santa Cruz terminou a sua série de cinco jogos sem perder na temporada. Após ter ganho as duas primeiras partidas da Série B, o Tricolor parou no CRB na noite desta terça-feira: 1 a 0. No estádio Rei Pelé, em Maceió, a Cobra Coral acumulou mais erros que acertos e mais uma vez foi quase nulo ofensivamente. O time do técnico Vinícius Eutrópio empatava até os 28 do segundo tempo, quando Neto Baiano converteu pênalti e decretou a derrota pernambucana.
 
Eutrópio imaginava ter até quatro desfalques: Bruno Silva, Tiago Costa, Elicarlos e David, que viajam desgastados fisicamente para Maceió. Todos eles iniciaram o jogo, mas o completo Santa Cruz custou para atacar. Sem um meia de origem novamente, sem força ofensiva, não raramente recuava bolas do campo de ataque para o de defesa. Postura que se confundia com uma acomodação pelo empate. 
 
O CRB também não se impunha como mandante. O primeiro chute do time alagoanos foi só aos 30 minutos do primeiro tempo. Logo depois, após falta cobrada por Anderson Salles, o Santa perdeu de abrir o placar. O goleiro Juliano soltou a bola, mas, nem Halef Pitbull, nem Everton Santos, finalizou. André Luís isolou na sequência. A essa altura do jogo, o Tricolor tinha melhorado ligeiramente. 
 
Sozinho e com tempo para tomar a decisão correta, Halef Pitbull perdeu um gol feito depois. Não soube usar a cabeça após cruzamento. Testou a bola sem direção alguma. O Galo respondeu. Também livre de marcação, Neto Baiano cabeceou para baixo depois de um escanteio, a bola quicou e raspou a trave de Julio Cesar. Justo empate na primeira etapa para dois times sofríveis.  
 

A derrota

Se o Tricolor foi aplicado no primeiro tempo, vacilou muito no começo do segundo. A marcação frouxa permitiu que o CRB crescesse, esboçasse uma pressão nos minutos iniciais. O time da casa, enfim, abriu o placar, aos 28. No rebote de uma defesa de Julio Cesar, Anderson Salles colocou a mão na bola para evitar gol regatiano. O árbitro marcou pênalti, que Neto Baiano converteu. 
 
Quase Boaventura faz gol contra em cruzamento de Nininho. Foi a melhor chance dos corais na etapa final. Ricardo Bueno até entrou para mudar o jogo, como na rodada passada. De nada adiantou desta vez. Neto Baiano ainda fez um gol, anulado por impedimento, e perdeu um gol com Julio Cesar já rendido no lance. 
 
CRB
Juliano; Marcos Martins, Boaventura, Gabriel e Diego; Adriano, Yuri, Edson Ratinho (Elvis) e Chico; Neto Baiano e Mailson (Erick Salles). Técnico: Léo Condé.

Santa Cruz
Julio Cesar; Nininho, Anderson Salles, Bruno Silva e Tiago Costa (Roberto); Elicarlos, David, William Barbio (Thiago Primão), Everton Santos e André Luís; Halef Pitbull. Técnico: Vinícius Eutrópio.
 
Estádio: Rei Pelé (Maceió-AL). Árbitro: Adriano Milczvski (PR). Assistentes: Rafael Trombeta (PR) e Diogo Morais (PR). Cartões amarelos: Gabriel, Yuri e Neto Baiano (CRB); Elicarlos, Anderson Salles e Thiago Primão (Santa Cruz). Gol: Neto Baiano (28’ do 2T, CRB).
 
DO SUPER ESPORTES PE 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker