Página inicial
 
Mural de recados
27.04 | Patativa
Meu Deus isso foi mostrado e um gramado ou um chiqueiro ...
26.04 | MARCOS LEITE
O CENTRAL PERDEU VÁRIOS BONS JOGAGORES Q DISPUTARAM O PERNAMBUCACNO DESSE ANO, A ...
26.04 | Beltrão
A próxima contratação do Central vem do : A) veloclube B) aeroclube C) Cineclub ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
06/04/2017
03h10 | esportes - PE 2017
PE 2017 - Santa Cruz goleia Belo Jardim na Arena vazia: 4x0

Destemido de clássicos, o Santa Cruz goleou o Belo Jardim nesta quarta-feira e se aproximou de confrontos contra Sport ou Náutico nas semifinais do Estadual. Além da vitória por 4 a 0 em partida de nível baixíssimo na Arena de Pernambuco, o time misto do Tricolor conseguiu também parte de seu outro objetivo na noite. Quatro dos seis jogadores relacionados que estavam “pendurados” receberam o terceiro cartão amarelo, cumprem suspensão na última rodada do hexagonal e estão automaticamente garantidos na primeira eliminatória da competição.  

Sem fugir à regra da maioria das partidas desta reta final do hexagonal, Belo Jardim x Santa Cruz foi mais um jogo maçante, sobretudo no primeiro tempo. Sem pretensões na tabela, o time interiorano poderia até querer algo na Arena, mas tramar qualquer jogada era quase impossível diante da pobreza técnica dos seus jogadores. O Tricolor, por sua vez, aparentava pouca vontade. Tentava até encaixar algumas triangulações. Não davam certo. Insucesso que era um somatório da letargia da equipe com a deficiência crônica mostrada no setor de criação durante esta temporada.     

Improdutivos, sem alma, os dois times criaram poucas chances de gols na etapa incial. Antes de abrir o placar, o Santa se limitou, ofensivamente, a um chute à distância dado por Davi e a cabeçadas para fora de Eduardo Brito e Julio Sheik. Todas com pouca direção. O Belo Jardim era ainda pior. Um arremate e uma falta batida de longe (quando a equipe coral já havia aberto a contagem) foram os melhores lances do Calango no primeiro tempo.

O placar só se mexeu graças a um simulação de falta de André Luís dentro da grande área. Após ter ignorado um pênalti claro sobre Júlio Sheik, o árbitro Emerson Sobral entendeu que André foi derrubado e assinalou penalidade máxima. Agora artilheiro do Santa ao lado de Halef Pitbull, Anderson Salles converteu a cobrança em gol, aos 38. Nos acréscimos, o mesmo Salles quase amplia, de falta.

 

Gols e cartões

O Santa Cruz acelerou na parte final do segundo tempo. Para começar, Júlio Sheik perdeu uma oportunidade incrível. Pelo menos os planejados cartões para os “pendurados” iam saindo (embora bastasse esses atletas não atuarem não última rodada para ficarem “limpos” para as sêmis). Saiu para Thomás no primeiro tempo. Salles recebeu no início do segundo. Na sequência, Julio Cesar foi advertido.

A conta fechou com Tiago Costa. Somente David e William Barbio (que ficou no banco) acabaram não sendo advertidos neste grupo de jogadores com dois amarelos. Aos 30, o Tricolor aumentou, novamente, de pênalti, desta vez com Thomás. Após trama com Nininho, Sheik fez o terceiro dois minutos depois. Com mais outros dois, André Luís fez o pivô depois de passe de Halef Pitbull, chutou e fez o seu primeiro gol pelo Santa.

Belo Jardim
Andrei; Denilson, Venturosa, Fabinho e Xisto; Júnior Grécia, Nininho (Jarbas), Bruno Sacomani (Makson) e Raniel; Rogerinho e Tony (Elthy). Técnico: Luciano Veloso.

Santa Cruz
Julio Cesar; Gabriel Vallés (Nininho), Anderson Salles, Eduardo Brito e Tiago Costa; Wellington Cézar, David, Júlio Sheik, André Luís e Thomás; Facundo Parra (Pereira). Técnico: Vinícius Eutrópio.

Local: Arena de Pernambuco (São Lourenço da Mata-PE). Horário: 21h45. Árbitro: Emerson Sobral. Assistentes: Elan Vieira (PE) e Clóvis Amaral (PE). Gols: Anderson Salles (38’ do 1T, Santa Cruz), Thomás (30’ do 2T, Santa Cruz), Julio Sheik (32’ do 2T) e André Luís (36’ do 2T, Santa Cruz). Cartões amarelos: Xisto e Fabinho (Belo Jardim); Anderson Salles, Thomás, Julio Cesar, André Luís, Tiago Costa (Santa Cruz). Público: 1.370 (rodada dupla). Renda: R$ 5.925.
 
DO SUPER ESPORTES PE

...
 
 
 
eXTReMe Tracker