Página inicial
 
Mural de recados
18.08 | MARCOS LEITE
NA ELEIÇÃO DO CENTRAL, TEM QUANTOS CANDIDATOS A PRESIDENTE? EIS A QUESTÃO PROCUR ...
17.08 | Ronaldo fonseca
As bate chapas está aí! Qual será a mais benéfica para O glorioso????? De a s ...
16.08 | CLEO
O TERRENO ONDE DEVEM CONSTRUIR O CT DO CENTRAL? TÁ JOGADO PRAS COBRAS, COMO SE D ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
25/02/2017
20h41 | esportes - COPA DO NORDESTE
COPA DO NORDESTE - Uniclinic/CE 0x2 Santa Cruz - Tricolor fica muito perto da classificação para a próxima fase
 O Santa Cruz jogou apenas o suficiente para vencer o Uniclinic, neste sábado de carnaval, no estádio Domingão, em Horizonte-CE. Os tricolores fizeram uma partida fraquíssima, mas, mesmo assim, conquistaram três pontos importantes. A vitória por 2 a 0, com gols de Thomás e do estreante Júlio César, deixou a equipe coral na liderança do grupo A, da Copa do Nordeste, com 10 pontos, dois a mais que o Campinense.

Restando duas rodadas para o fim da fase de grupos do Nordestão, o clube deu um passo gigante para a sua classificação à próxima fase da competição. Agora, o Santa Cruz volta as atenções para o Campeonato Pernambucano. Na quinta-feira, depois do carnaval, o confronto será contra o Salgueiro, no Arruda.

CURIOSIDADE
A partida começou com um fato curioso. Os tricolores e o árbitro maranhense Mayron dos Reis estavam com os uniformes parecidos. E chegou a confundir em alguns momentos. Assim, a estreia da nova camisa coral - idealizada por um torcedor do clube e confeccionada pela Penalty -, durou apenas pouco mais de cinco minutos. Os jogadores do Santa Cruz acabaram trocando a camisa coral e retornaram ao gramado com o uniforme branco. Antes um pouco, aos 2 minutos, os tricolores reclamaram de um pênalti. Thomás recebeu um lançamento, entrou em velocidade na área e o goleiro Dionantan saiu nos seus pés derrubando o jogador. Porém, antes tocou na bola e a penalidade não foi marcada. forte calor e o estádio praticamente vazio criaram um ar de treino para o confronto. O jogo se arrastou lento, com pouquíssimas chances criadas. Tanto que o primeiro chute a gol do Santa Cruz veio só aos 35 minutos em uma cobrança de falta de Everton Santos, que não levou nenhum perigo. Apesar de maior posse de bola, o time pernambucano esbarrava na marcação do Uniclinic. Faltava criatividade e velocidade aos corais. A equipe estava amarrada e marcando muito recuada para explorar os contra-ataques. Se esperava o Tricolor mais afoito, jogando em velocidade para matar o jogo logo na etapa inicial.

Isso só aconteceu a partir dos 37 minutos, quando Halef Pitbull resolveu aparecer na partida. Em uma arrancada, que iniciou no campo de defesa, o atacante foi levando a bola até a área adversário, quando foi interceptado. No lance seguinte, o mesmo Pitbull dominou a bola na área e deu de calcanhar para Primão. O meia-atacante foi na linha de fundo e cruzou para Thomás, livre de marcação, cabecear para abrir o marcador. Santa Cruz 1 a 0. Logo em seguida, o Uniclinic quase empatou ao chutar  uma bola no travessão com Vaninho.

PRESSÃO
Na segunda etapa, em desvantagem no placar, os cearenses foram só pressão. Nos primeiros sete minutos foram criadas quatro boas chances de deixar o placar igual. A melhor veio com Edson Cariús, que chutou cruzado raspando o travessão coral. Percebendo o crescimento do adversário, o técnico Vinícius Eutróprio resolveu mexer em sua equipe. Era preciso dar mais movimentação ofensiva ao time. Assim, Barbio e Júlio César, que fez sua estreia, entraram nas vagas de Primão e Everton Santos, respectivamente.

O Santa Cruz melhorou. Apenas 12 minutos depois de pisar no gramado, Júlio César marcou o seu primeiro gol com a camisa coral e trouxe mais um alívio para o torcedor. Aos 26, Vítor fez boa jogada pelo lado direito e cruzou na área. O atacante dominou a bola, fez o giro e chutou preciso no canto esquerdo para fazer 2 a 0. O Uniclinic ainda chegou a assustar em dois momentos, mas o goleiro Júlio César apareceu bem.

 

 

 

Ficha do jogo

Uniclinic-CE
Dionantan; Luís Fernando, Anderson Sobral e Airton Júnior;  João Neto (Lima); Guídio, Jerson (Eusébio), Vaninho e Preto (Moré); Edson Cariús e Netinho. Técnico: Vladimir de Jesus.

Santa Cruz
Julio Cesar; Vitor, Jaime, Bruno Silva e Roberto; Wellington Cézar, David, Thomás (Júlio César), Thiago Primão (André Luís) e Everton Santos (William Barbio); Halef Pitbull. Técnico: Vinícius Eutrópio.

Estádio: Domingão (Horizonte-CE). Árbitro: Mayron dos Reis Novais (MA). Assistentes: Antônio Fernando de Sousa Santos (MA) e Djavan Costa da Silva (MA). Gols: Thomás (38’ do 1ºT) e Júlio César (26’ do 2T) (SCZ). Cartões amarelos: João Neto (UNI); André Luís (SCZ). Público e Renda: Não divulgados

 

 
DO SUPER ESPORTES PE

.
 
 
 
eXTReMe Tracker