Página inicial
 
Mural de recados
26.06 | Gustavo
Muita gente acha que a soluçao pra o central é subir pra serie C,so que nao adia ...
26.06 | A verdade nua e crua!
Vi aqui alguns comentários sobre se gastar R$ 500 mil em uma atração do São João ...
26.06 | beto
CENTRAL DEVIA ERA ACABAR DEMOLIR E NIGUEM NUNCA MAIS LEMBRA QUE EXISTIU ESSE LIX ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
25/01/2017
09h35 | esportes - COPA DO NORDESTE
COPA DO NORDESTE - Campinense 1x1 Santa Cruz
A largada do Santa Cruz na temporada 2017 foi longe do ideal. Na noite desta quarta-feira, no Amigão, o time estreou na Copa do Nordeste com um empate 1 a 1 diante do Campinense-PB, numa reedição da partida que marcou a última final do torneio, conquistada pela Cobra Coral. O resultado poderia ter sido pior. Reformulada, a nova equipe tricolor pouco produziu e viu o adversário desperdiçar diversas chances durante toda a partida. Após ter saído atrás do placar aos 38 do segundo tempo, os pernambucanos conseguiram igualar a contagem já no fim do confronto, de pênalti. Para a conquista do bicampeonato regional, a lição aprendida em Campina Grande é que será preciso melhorar.

A partida começou empolgante. Em pouco mais de cinco minutos jogados, quatro grandes chances já haviam sido criadas. A maioria do Campinense, ressalte-se. Apenas com um minuto, Vitor perdeu um gol feito para o Santa Cruz. Mas, em seguida, foram os mandantes que ficaram perto de abrir o placar três vezes seguidas. O goleiro Júlio César evitou o primeiro gol da Raposa. Depois, apenas observou Augusto isolar uma bola quase na pequena área. Após erro imperdoável do zagueiro Jaime, o camisa 1 coral precisou sair nos pés de Casagrande. Augusto ainda tentou encobri-lo, mas não obteve sucesso.  

A intensidade do duelo foi diminuindo. Ainda assim, o Campinense seguia melhor. Contra o Santa, pesava a falta de ritmo de jogo. Com o tempo, as deficiências da equipe pernambucana se escancararam. O meio-campo não era criativo, errava passes e também não combatia. Isolado no ataque, o prata da casa André Luís pouco podia fazer. Sem rodagem, se mostrou também longe do “camisa 9” de referência que o time precisa.

Atrás, a retaguarda coral batia cabeça. Falhava muito nas bolas aéreas. Principalmente no lado direito da defesa, muito espaço era deixado. Pelo setor, saiu uma jogada que não entrou graças a falta de pontaria de Augusto, que acertou a trave de Júlio César.

Os gols

A toada do segundo tempo foi parecida a do primeiro. O Campinense, porém, não traduzia o seu volume de jogo maior em gols. As insistentes orientações do técnico Vinícius Eutrópio à beira do gramado foram insuficientes para mudar a postura do Santa Cruz. Mesmo assistindo a uma equipe inconsistente, o treinador também persistia na escalação inicial e só foi fazer a primeira substituição aos 19 minutos da etapa final, quando acionou Wellington Cézar e Thomás para corrigir a marcação e dar mais dinâmica ao meio-campo, respectivamente


Sem sucesso. Aos 38, Augusto cabeceou, Júlio César saiu errado e Bruno Silva colocou para o fundo das próprias redes. Cinco minutos depois, em um lance pontual, Eduardo Brito foi derrubado na grande área. O pênalti convertido por Léo Costa. Um alento para os corais. No fim do jogo, Júlio César ainda fez grande defesa e impediu a vitória da Raposa.


Ficha do jogo


Campinense-PB 1

Gledson; Alex Travassos, Joécio, Paulo Paraíba e Gilmar (Ronael); Magno, Negretti, Fernando Pires e Filipe Ramon (Lessinho); Augusto e Casagrande (Tiago Orobó). Técnico: Sérgio China.

Santa Cruz1

Júlio César; Vitor, Bruno Silva, Jaime e Eduardo; Elicarlos, David (Wellington Cézar) e Léo Costa; Thiago Primão (Thomás), Everton Santos e André Luís (William Barbio). Técnico: Vinícius Eutrópio.


Estádio: Amigão (Campina Grande-PB). Árbitro: Mayron dos Reis Novais (MA). Assistentes: Antônio Fernando de Sousa Santos (MA) e Ivanildo Gonçalves da Silva (MA). Gols: Augusto (38’ do 2T Campinense) e Léo Costa (43’ do 2T, Santa Cruz). Cartões amarelos: Léo Costa, Jaime e Elicarlos (Santa Cruz).

DO SUPER ESPORTES PE


.
 
 
 
eXTReMe Tracker