Página inicial
 
Mural de recados
28.04 | Antonio
Esse Danilo Costa parece ser um monstro na zaga ...
28.04 | Anderson
Esse zagueiro Danilo parece ser um bom jogador para a nossa PATATIVA!!!! ...
28.04 | Gabriel
O Central precisa de um bom plano de marketing, filmar bastidores, como é a roti ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
21/01/2017
20h30 | esportes - SANTA CRUZ
TAÇA ASA BRANCA - Santa Cruz 1x0 Paysandu - Tricolor leva o título
Torcida coral compareceu em número surpreendente e público passou das 14 mil pessoas no Arruda

Mais de 14 mil torcedores foram ao Arruda para acompanhar a primeira apresentação do Santa Cruz na temporada 2017. O bom público (tratando-se de um amistoso) viu um time praticamente novo em campo, apenas com um atleta remanescente da equipe titular do último ano. Em um jogo marcado por inevitáveis erros de entrosamento e entendimento entre os jogadores e muitas experiências dos dois lados, a segunda edição da Taça Asa Branca ficou no Arruda. Pelo segundo ano consecutivo, o Tricolor venceu um troféu amistoso de pré-temporada.

O jogo
Logo no começo da partida, aos dois minutos, Léo Costa arriscou um bom chute e obrigou o goleiro Emerson a fazer boa defesa. Apresentou o cartão de visitas do principal trunfo que o Santa Cruz teria durante a etapa inicial. Com erros de passe, movimentação e comunicação, foram de finalizações à distância que saíram as melhores chances corais. Até que, aos 33, após uma tentativa de cruzamento de Eduardo Brito, a zaga do Paysandu afastou mal e a bola se ofereceu a Léo Costa. O meia teve calma, dominou no peito e bateu firme, cruzado, para abrir o placar.

O Paysandu, que cometia os mesmos erros dos tricolores e não aproveitou os pequenos descuidos do zagueiro Jaime, só reagiu após sofrer o gol. Em três oportunidades, teve a chance do empate. Desperdiçou a primeira aos 36, com Leandro Cearense. Na segunda, obrigou Júlio César a fazer uma grande defesa aos 44 em um bom chute de Diogo Oliveira. E carimbou a trave do arqueiro pouco antes do apito final da primeira etapa, em cabeçada de Gilvan. Primeiro Tempo terminou mesmo no 1 a 0.

 Segundo tempo
As equipes voltaram com a mesma configuração. A diferença foi a postura dos dois times. Atrás do placar, o Paysandu se lançou ao ataque e pressionou. Antes mesmo dos cinco minutos, obrigou Júlio César a fazer outra boa defesa. Mas o Santa Cruz soube controlar e quase marcou o segundo, em boa cobrança de falta de Thiago Primão. Mas ainda demonstrava erros de passes. O suficiente para Eutrópio começar a realizar os trocas na equipe aos poucos.

Marcelo Chamusca não ficou atrás e também fez experiências. Os erros aumentaram, a produtividade ofensiva se resumiu a chutes sem direção para os dois lados e o jogo terminou mesmo em 1 a 0 e a primeira taça de 2017 para o Tricolor.

Ficha do jogo

Santa Cruz 1

Júlio César, Vítor, Jaime (Anderson Salles), Bruno Silva e Eduardo; Elicarlos, David (Wellington Cezar) e Léo Costa (Marcílio); Thiago Primão (Willams Luz), Éverton Santos (Thomás) e André Luis (Barbio).

Paysandu 0

Emerson; Ayrton(Juninho), Fernando Lombardi, Gilvan (Pablo) e Willian Simões (Andrelino); Augusto Recife(Ricardo Capanema), Leandro Cearense (Alfredo), Diogo Oliveira (Daniel Sobralense) e Wesley; Jhonnatan (Samuel) e Bergson (Leandro Carvalho).

Local:
Arruda (Recife-PE). Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (PE). Assistentes: Albert Jr (PE) e Gilberto Freire (PE). Gols: Léo Costa (33' do 1ºT). Cartões amarelos: Davi (Santa Cruz); (Paysandu). Público: 14.002 Renda: R$ 49.750,00.

DO SUPER ESPORTES PE


.
 
 
 
eXTReMe Tracker