Página inicial
 
Mural de recados
19.10 | Antonio do Salgado
Respondento a Paulo. Meu chefe a diretoria é nova no clube, mais os funcionár ...
18.10 | MARCOS LEITE
É VERDADE PAULO RICARDO, DIRETORIA VAI ARRUMAR A KSA, ISSO NÃO PODE SER FEITO DA ...
18.10 | Paulo R
! Antônio, amigo a nova diretoria só faz 15 dias que assumiu o club e vc pergunt ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
20/01/2017
18h54 | esportes - SANTA CRUZ
SANTA CRUZ - Após perder Zé Carlos, Tricolor intensifica busca por atacante
O técnico Vinícius Eutrópio disse que foi “pego de surpresa” com a notícia da saída de Zé Carlos. Ainda na noite da última quinta-feira, conversou com o atacante por telefone para entender os porquês da decisão dele. Não conseguiu convencer o jogador a mudar de ideia, mas fala que o clube agora “precisa virar a página”. Avisa que a diretoria irá agora intensificar a busca por atacantes no mercado.

Além de um meia, o Santa Cruz já procurava um atacante. Afinal, só conta com um centroavante de ofício no elenco, o prata da casa André Luís. William Barbio também vem sendo improvisado na função. Agora, porém, serão necessários mais dois jogadores para o ataque. “Sem dúvida (vamos intensificar a busca). A busca pelo meia está sendo encaminhada. Com esta surpresa, a gente foca neste camisa 9, porque é fundamental”, declarou o técnico Vinícius Eutrópio. Um goleiro para a reserva de Júlio César também é outro alvo da cúpula coral.

Sem muitas opções no ataque e após ter o clube ter perdido tempo com Zé Carlos, que ainda se recondicionava fisicamente para poder atuar, o treinador aguarda atacantes que cheguem para jogar imediatamente. “Zé Carlos não chegou no 100%. Nós íamos colocá-lo gradativamente. A gente tem o André e tenho testado o William Barbio naquela posição. Mas o André é um garoto, e o William não é um jogador da posição. Já começamos a buscar nomes. Esses nomes com certeza poderão vir já em uma condição atlética melhor”, afirmou. “Que a gente vire a página e procure jogador com o mesmo peso, com a mesma característica que o Zé tem, que o Grafite tem”, emendou.

Conversa com Zé Carlos
 
Eutrópio quis entender os porquês da saída de Zé Carlos, que alegou problemas de saúde com avó, que vive em Maceió, para deixar o Santa Cruz. Ligou para o centroavante, mas não conseguiu demover dele a ideia de retornar a Alagoas. “Infelizmente, fui pego de surpresa. Falei com ele procurando saber o que aconteceu. Óbvio que ele não se abriu, mas fiquei mais de 30 minutos conversando. Ele estava feliz aqui, a gente estava feliz com ele. Estava se empenhando até após os treinos. Foi uma prioridade nossa, fizemos esforço para contratá-lo. Infelizmente, existem coisas que fogem do controle”, relatou.
 
DO SUPER ESPORTES PE

...
 
 
 
eXTReMe Tracker