Página inicial
 
Mural de recados
22.06 | Paulo alvinegro
Pois é patativa também dei a viagem perdida não tinha ingresso nenhum na sede o ...
22.06 | Patativa
O central e seu amadorismo fui até o lacerdao nesta quinta feira comprar meu ing ...
22.06 | José
Boa tarde Warley, Se caso o central empatar essa partida, ele ta classificado ? ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
12/10/2016
15h08 | esportes - SÉRIE A 2016
SÉRIE A - Santa Cruz 2x4 Corinthians - Tricolor praticamente de volta à Série B
O Santa Cruz se tornou aquela presa que todo adversário deseja. Mesmo despencando das colocações mais altas da tabela na Série A e há quatro jogos do campeonato sem sequer fazer gols, o Corinthians encontrou no Tricolor forças para se recuperar. De virada, o time pernambucano perdeu por 4 a 2 na noite desta quarta-feira. Na Arena Pantanal, para onde a diretoria coral transferiu a partida a fim de arrecadar dinheiro, foi escrito mais um capítulo de um rebaixamento a um triz de ser confirmado. 

A partida foi bem aberta no primeiro tempo. Ambos os times tiveram liberdade para construir jogadas e atacar com uma facilidade incomum. Já com um minuto, Marlone deixou de colocar o Corinthians na frente ao perder um gol cara a cara com Edson Kölln. O Santa Cruz respondia. Principalmente com Grafite e Keno. E justamente dos pés dos dois que saiu o gol coral. Iniciou, na verdade, nos de Uillian Correia, que serviu Keno perfeitamente na grande área. O  chute dele, defendido pelo goleiro Walter, caiu nos pés de Grafite. O trabalho do veterano foi só empurrar a bola para as redes: 1 a 0, aos 29.

O Timão chegou ao empate. Apesar do equilíbrio no duelo, os paulistas tiveram quase o dobro de posse de bola que os pernambucanos e estiveram por duas vezes próximos de vazar Kölln após o Santa Cruz ter aberto a contagem. Enfim, com 37 minutos, um erro de marcação no lado esquerdo tricolor fez com que Marlone cruzasse para Guilherme deixar tudo igual no placar. 

Se Marlone desperdiçou o seu primeiro chute na etapa inicial, fez gol em sua primeira tentativa no segundo tempo. Logo aos dois, chutou de perna esquerda e sem chances para o camisa 1 coral. Virada indigesta. Ficou fácil a partir daí. Guilherme aumentou. Passados apenas sete minutos, o atacante recebeu cruzamento, se antecipou a Neris e fez o terceiro. Foram três gols sofridos pelo mesmo lado esquerdo.

Os dois golpes seguidos abalaram o time do treinador Doriva. O abatimento dos jogadores ficou visível. O comandante tentou mudar o panorama da partida ao acionar um quarto atacante, abdicando de um volante. Marion entrou no lugar de Jadson. Depois, Bruno Moraes também foi chamado para substituir Grafite. Porém, o abismo técnico entre as duas equipes era também notório. Keno até teve oportunidade de diminuir mais cedo, mas pecou na finalização e só foi marcar aos 35. Surgiu a esperança de um empate. Minguada pouco a pouco. Esbarrada nas limitações dos próprios atletas. Lucca fez o quarto do Timão, nos acréscimos.

Ficha do jogo

Santa Cruz 2
Edson Kölln; Léo Moura, Neris, Danny Morais e Roberto; Uillian Correia, Jadson (Marion), João Paulo (Wágner), Keno e Arthur; Grafite (Bruno Moraes). Técnico: Doriva.

Corinthians 4
Walter; Léo Príncipe, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Camacho (Willians); Marquinhos Gabriel, Rodriguinho, Giovanni Augusto e Marlone; Guilherme (Lucca). Técnico: Fábio Carille (interino).

12 de outubro de 2016
Estádio: Arena Pantanal (Cuiabá-MT). Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ). Assistentes: Eduardo de Souza Couto (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ). Gols: Grafite (29’ do 1T, Santa), Guilherme (37’ do 1T, Corinthians), Marlone (2’ do 2T, Corinthians), Guilherme (9’ do 2T, Corinthians), Keno (35’ do 2T, Santa Cruz) e Lucca (46’ do 2T, Corinthians). Cartões amarelos: Neris e Marion (Santa Cruz); Marquinhos Gabriel e Willians (Atlético-MG). Público: 7.947. Renda: R$ 496.120,00.
 
DO SUPER ESPORTES PE 
 
 
Santa Cruz x Corinthians Arena Pantanal (Foto: Site oficial do Corinthians)(Foto: Site oficial do Corinthians)
.
 
 
 
eXTReMe Tracker