Página inicial
 
Mural de recados
25.06 | jonathas silva Beringuel
Lamentavel mais um ano perdido pro central. mais um ano de sofrimento pra torcid ...
25.06 | Davi
A ultima vez q fui ao Lacerdão foi na eliminação da serie D de 2009 naquele dia ...
25.06 | Ze ligado
Se espantar com o que??? Foi o central sendo o central simplesmente isso. Já per ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
25/07/2016
12h54 | esportes - SANTA CRUZ
Santa Cruz tem desempenho decepcionante no Arruda em 2016
SANTA CRUZ
Santa Cruz x Vasco Arruda (Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press)No Arruda, Santa Cruz tem aproveitamento de 44% (Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press)

Depois de um bom início, em que chegou a liderar o Brasileiro, o Santa Cruz despencou na tabela da Série A. E muito dessa queda na classificação se explica pelo desempenho da equipe como mandante. Dentro do Arruda, onde costuma ser forte, o time não está conseguindo se impor. Tem o terceiro pior rendimento - em aproveitamento - da competição.

Até o momento, o Santa Cruz disputou nove jogos no Arruda. Perdeu mais do que ganhou. Só venceu quatro partidas - e foi derrotado em cinco. Aproveitamento de apenas 44% dos pontos disputados, superior apenas a Cruzeiro e América-MG.

Os números preocupam o técnico Milton Mendes, que admite que o time está instável quando joga diante de sua torcida.

- O fator casa não tem sido o que nós esperávamos. Sentimos bastante por isso. Nosso torcedor está triste. Pensamos que a derrota contra o Coritiba foi um acidente de percurso. Mais um. Mas precisamos ter um pouco mais de estabilidade dentro de casa.

O treinador, no entanto, prega que a campanha dentro de casa - embora preocupante - não é motivo para desespero. Mesmo com uma sequência de dois jogos fora pela frente (contra Atlético-MG e Grêmio).

- O meu discurso pode se tornar repetitivo porque costumo dizer isso sempre. Mas sou um treinador que não sou eufórico na vitória, nem depressivo na derrota. Precisamos de equilíbrio. O prejuízo é grande com essa derrota no Arruda, mas nada impossível buscar fora de casa o que não conseguimos em casa.

DO GLOBOESPORTE.COM/PE 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker