Página inicial
 
Mural de recados
28.04 | Antonio
Esse Danilo Costa parece ser um monstro na zaga ...
28.04 | Anderson
Esse zagueiro Danilo parece ser um bom jogador para a nossa PATATIVA!!!! ...
28.04 | Gabriel
O Central precisa de um bom plano de marketing, filmar bastidores, como é a roti ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
23/07/2016
10h08 | esportes - SÉRIE A 2016
SÉRIE A - Santa Cruz 0x1 Coritiba - Tricolor volta a perder em casa
A depender dos resultados deste domingo, o Santa Cruz pode voltar à zona de rebaixamento da Série A após apenas uma rodada fora dela. Diante do Coritiba, um adversário direto na briga contra a queda, o Tricolor teve neste sábado, no Arruda, sua reação interrompida no campeonato e não conseguiu a inédita série de três vitórias seguidas na Série A do Brasileiro. O terceiro resultado positivo seguido na competição, na verdade, esteve longe de vir. Sem poder ofensivo, o time do técnico Milton Mendes saiu derrotado por 1 a 0. Kleber Gladiador fez o seu gol solitário ainda no primeiro tempo e poderia ter feito o segundo não fosse Tiago Cardoso para defender um pênalti no começo da etapa final. O Santa Cruz não perdeu tempo para ir para cima do Coxa. Frente a um adversário com as linhas recuados no meio-campo e na defesa, o Tricolor não sofreu para ter maior posse de bola e se manter quase sempre presente no campo de defesa paranaense. Mas a criação de jogadas dos corais era defeituosa. Sem ninguém para pensar o jogo, a equipe da casa praticamente restringia as suas ações à individualidade dos três atacantes - Keno, Arthur e Marion, que substituía o suspenso Grafite.

A melhor oportunidade de gol do Santa no primeiro tempo acabou sendo a partir de uma bola parada. Ainda aos cinco minutos, João Paulo achou Danny Morais na grande área, e o zagueiro obrigou o goleiro Wilson a fazer uma defesa de puro reflexo. O Coritiba raramente progredia. Aproveitou, porém, uma das suas raras investidas. Peça mais perigosa do Coxa, Kléber Gladiador iniciou e terminou um lance aos 32, que resultou no gol dos visitantes.

Imediatamente, Milton Mendes mexeu no time. Tirou Marion e colocou Bruno Moraes em campo. Após o gol sofrido, o Santa caiu de produção, descompactou a marcação e permitiu a equipe do técnico Pachequinho avançar no seu campo, como não acontecia no início da partida. Ofensivamente, se tornou ainda mais falho na construção. Começou a rifar bolas da defesa para o ataque. Sempre sem sucesso.

Não houve melhora no Santa depois do intervalo. Bastaram nove minutos para Kléber sofrer um pênalti de Tiago Cardoso. Contudo, o goleiro tricolor defendeu a sua segunda penalidade seguida na Série A (a terceira na temporada) e evitou que o mesmo atacante convertesse a cobrança em gol. A quem achou que os corais se motivariam mais após a defesa, ledo engano.

Para sanar o persistente problema na criação, Mendes acionou Marcinho na sequência. Também pouco adiantou. O time seguia realizando transições longas, e parte da torcida chegou ao ponto de pedir a entrada de Renatinho. Quase sem conseguir colocar a bola no chão, o primeiro chute na etapa final da partida só saiu aos 22 minutos, com Keno, que recebeu cruzamento da direita de Léo Moura. O segundo sequer aconteceu. Felipe Amorim ainda acertou a trave de Cardoso nos acréscimos, e o Coxa conseguiu sua primeira vitória como visitante no campeonato.

Santa Cruz
Tiago Cardoso; Léo Moura, Wellington, Danny Morais e Tiago Costa; Uillian Correia, João Paulo, Marcílio (Marcinho), Arthur (Danilo Pires) e Keno; Marion (Bruno Moraes). Técnico: Milton Mendes.

Coritiba
Wilson; Ceará, Luccas Claro, Juninho (Nery) e Carlinhos; Edinho, João Paulo e Alan Santos; Raphael Veiga (Felipe Amorim); Kléber (Iago) e Kazim. Técnico: Pachequinho.

Estádio: Arruda (Recife-PE). Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO). Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Bruno Raphael Pires (Fifa-GO). Gol: Kléber (32’ do 1T, Coritiba).Cartões amarelos: João Paulo e Tiago Cardoso (Santa Cruz); Carlinhos (Coritiba). Público: 10.021.Renda: R$ 133.770,00. Do Super Esportes

.
 
 
 
eXTReMe Tracker