Página inicial
 
Mural de recados
26.06 | Gustavo
Muita gente acha que a soluçao pra o central é subir pra serie C,so que nao adia ...
26.06 | A verdade nua e crua!
Vi aqui alguns comentários sobre se gastar R$ 500 mil em uma atração do São João ...
26.06 | beto
CENTRAL DEVIA ERA ACABAR DEMOLIR E NIGUEM NUNCA MAIS LEMBRA QUE EXISTIU ESSE LIX ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
11/02/2016
22h48 | esportes - PE 2016
PE 2016 - Santa Cruz 4x2 América - Tricolor conquista sua primeira vitória no Estadual
O Santa Cruz conheceu a sua primeira vitória no Pernambucano, mas que não saiu com tanta facilidade. Nesta quinta-feira, o Tricolor recebeu o América, no Arruda, e ganhou por 4 a 2. Num jogo que serviu de testes também para os “reservas” Lucas Ramon, Neris, Dedé, Wallyson, Arthur, além de Bruno Moraes, a atuação dos corais foi longe de ser convincente. Agora, o time se prepara para a estreia no Nordestão, marcada para o próximo domingo, contra o Bahia, também no José do Rego Maciel. 

Com as cinco mudanças na escalação a fim de poupar titulares para a estreia da Copa do Nordeste, o repaginado Santa se mostrou um time com mais mobilidade no primeiro tempo. Muito também graças ao pouco poder de combate do América, que não conseguiu em momento algum exercer uma marcação mais firme. Não se pode ignorar, porém, que a volta de João Paulo à função de meia acabou sendo importante para esta postura mais dinâmica. 

Dos suplentes utilizados pelo técnico Marcelo Martelotte, Wallyson foi o mais efetivo. O atacante abriu o placar. Substituto de Grafite, Arthur, por sua vez, teve de deixar o campo ainda durante a etapa inicial, machucado. Bruno Moraes entrou no lugar dele. Em seu primeiro toque na bola, aumentou para o Tricolor.

Principal nome do América, o experiente Carlinhos Bala, que sequer entrou para aquecer com o resto dos atletas esmeraldinos, foi acionado também no primeiro ato do duelo. Ainda visivelmente pesado fora de ritmo. Contudo, coincidência ou não, com a sua entrada o Mequinha diminuiu, com Thiago Laranjeira.Mais tarde, faria o segundo dos visitantes.
 
 Segundo tempo
Mais livre para atacar, como não era de costume desde a reta final da Série B, João Paulo aumentou a vantagem no início do segundo tempo. A expulsão de Danyel poderia ter contribuído para um domínio tricolor. Poderia. A defesa do Santa se excedeu nas falhas e o América descontou, com Bala. O cartão vermelho recebido por Keno, que acabara de entrar, e um pênalti perdido por Daniel Costa tornaram o jogo com ares de dramaticidade. Allan Vieira ainda marcou no derradeiro e já fortuito lance. O apito final foi um alívio.

Santa Cruz
Tiago Cardoso; Lucas Ramon, Neris, Danny Morais e Allan Vieira; Wellington Cézar, Dedé, João Paulo, Lelê (Daniel Costa) e Wallyson (Keno); Arthur (Bruno Moraes). Técnico: Marcelo Martelotte.

América
Delone; Da Silva (Carlinhos Bala), Danilo Cirqueira, Yuri e Ricardinho; Gláuber (Carioca), Danyel, Thiago Laranjeira e Alex Gaibu; Ewerton Bala e Netto (Cesinha). Técnico: Charles Muniz.

Local: Arruda (Recife-PE)
Árbitro: Gilberto Castro Júnior (PE)
Assistentes: Ricardo Chianca (PE) e Charles Rosas (PE)
Gols: Wallyson (19’ do 1T, Santa), Bruno Moraes (38`do 1T, Santa),Thiago Laranjeira (42’ do 1T, América), João Paulo (7`do 2T, Santa), Carlinhos Bala (23`do 2T, América) e Allan Vieira (47`do 2T, Santa)
Cartões amarelos: Wellington Cézar, João Paulo e Wallyson (Santa Cruz); Danyel, Gláuber, Delone, Yuri e Alex Gaibu (América);
Cartão vermelho: Keno (Santa); Danyel (América)
Público: 5.511
Renda: R$ 49.240,00.
 
DO SUPER ESPORTES PE 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker