Página inicial
 
Mural de recados
26.06 | Gustavo
Muita gente acha que a soluçao pra o central é subir pra serie C,so que nao adia ...
26.06 | A verdade nua e crua!
Vi aqui alguns comentários sobre se gastar R$ 500 mil em uma atração do São João ...
26.06 | beto
CENTRAL DEVIA ERA ACABAR DEMOLIR E NIGUEM NUNCA MAIS LEMBRA QUE EXISTIU ESSE LIX ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
04/02/2016
07h38 | esportes - PE 2016
PE 2016 - Santa Cruz sai atrás, busca empate em 1x1 diante do Salgueiro, mas segue sem vitória no PE
O futebol do Santa Cruz neste início de temporada mal lembra o mostrado no fim de 2015, na conquista do acesso à Série A. Na noite desta quinta-feira, o Tricolor entrou em campo pela segunda vez no Pernambucano e não passou de um empate com o Salgueiro: 1 a 1. Houve uma sensível melhora da equipe em relação à derrota no Clássico das Emoções. Assim como resultado, nada, porém, que fosse capaz de empolgar os torcedores.

Mal havia começado a partida, o Santa já havia sofrido um gol. Logo aos dois minutos, depois de um escanteio, Alemão voltou a falhar. O zagueiro cortou a bola no pé de Cássio Ortega, que se aproveitou do erro e fez 1 a 0 para o Carcará. Ajudado pelos grandes espaços dados pela defesa coral, o Salgueiro não se acomodou com a vantagem. Berger perdeu a chance de ampliar o placar. Em seguida, Piauí também.

Com o time persistente em falhas na retaguarda, a torcida tricolor não aguentou. Vaias começaram a serem ouvidas no Arruda. Elas só foram cessadas e transformadas em incentivos do meio, no momento em que os corais tentaram esboçar uma reação no confronto, até o término da etapa inicial. Danny Morais, Lelê, Vitor e Grafite chegaram a desperdiçar oportunidades. 

O que o técnico Marcelo Martelotte tinha pedido aos seus jogadores após a derrota por 2 a 0 para o Náutico, na Arena Pernambuco, foi sensivelmente melhorado. A equipe não seguiu tão ineficaz na criação, embora tenha ainda, diga-se, feito escolhas erradas para construir algumas jogadas. 

O empate
De esquema mudado, o Santa poderia ter empatado no primeiro lance do segundo tempo. Wallyson, que acabara de entrar, perdeu um gol debaixo da barra. Seu primeiro lance depois de oito meses sem atuar. O Tricolor partiu para cima. Ainda com certa dificuldade para criar, o gol de empate saiu a duras penas com Grafite, aos 23. Contudo, não houve mais forças para se buscar a virada diante de um já acuado Carcará. 

Ficha do jogo

Santa Cruz
Tiago Cardoso; Vitor, Alemão, Danny Morais e Allan Vieira; Wellington Cézar, João Paulo, Daniel Costa (Dedé), Lelê (Wallyson) e Raniel (Arthur); Grafite.Técnico: Marcelo Martelotte.

Salgueiro
Mondragón; Marcos Tamandaré, Maurício (Luis Eduardo), Rogério Paraíba e Daniel Rodrigues; Rodolfo Potiguar (Nilson), Moreilândia, Jaildo (Anderson Lessa), Cássio Ortega; Jefferson Berger e Piauí. Técnico: Sérgio China. 

Local: Arruda (Recife-PE)
Árbitro: Luiz Cláudio Sobral (PE)
Assistentes: Marcelino Castro (PE) e Marlon Rafael Gomes de Oliveira
Gols: Cássio Ortega (2’ do 1T, Salgueiro); Grafite (23`do 2T, Santa)
Cartões amarelos: Lelê (Santa Cruz); Maurício, Rogério Paraíba, Nilson e Berger (Salgueiro)
Público: 6.909
Renda: R$ 67.560,00
 
DO SUPER ESPORTES PE 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker