Página inicial
 
Mural de recados
16.08 | CLEO
O TERRENO ONDE DEVEM CONSTRUIR O CT DO CENTRAL? TÁ JOGADO PRAS COBRAS, COMO SE D ...
15.08 | MARCOS LEITE
RESTA AOS SÓCIOS PROPRIETÁRIOS DO COMÉRCIO, SE UNIR, RESTAURAR E REFORMAR O CLU ...
15.08 | VICTOR HUGO
É VERDADE GUSTAVO, O CENTRALZÃO TEM Q CONSTRUIR SEU CT NINHO DA PATATIVA NO SEU ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
02/12/2015
19h11 | esportes - SANTA CRUZ
SANTA CRUZ: De volta, zagueiro Everton Sena não esconde desejo de jogar inédita Série A pelo Tricolor em 2016
Emprestado ao Boa Esporte para disputar a última Série B, Everton Sena está de volta ao Recife e não esconde a vontade de jogar uma inédita Série A pelo Santa Cruz, onde tem contrato firmado até dezembro de 2016. De férias na capital pernambucana desde o começo do mês passado, o prata da casa admite a sua parcela de contribuição no soerguimento do Tricolor e espera ser aproveitado na próxima temporada.

“Sempre tive muito apoio no Santa Cruz, sempre tive a confiança da diretoria. Quero agora, sim, ter mais uma oportunidade, jogar as competições do primeiro semestre e depois uma Primeira Divisão”, declarou o zagueiro. 

Mesmo vivendo em Varginha, interior de Minas Gerais, Everton Sena diz que não deixou de acompanhar o time coral quando estava longe. “Eu torci muito nessa volta à Série A. Tenho muitos amigos no Santa Cruz, um carinho enorme pelo clube e foi onde eu fui revelado para o futebol. Lá em Minas (Gerais), sempre via os jogos”, pontuou. 

Ele sente, inclusive, que faz parte de alguma forma deste retorno à elite. “Sei que tenho uma participação no acesso. Passei pelos piores momentos da história do clube”, emendou o jogador, que chegou ao Arruda em 2010, com a equipe coral afundada numa Quarta Divisão.

O empréstimo ao Boa, onde participou de 30 jogos (sendo 29 como titular), não acabou sendo tão proveitoso, segundo o próprio Sena. Lembra do rebaixamento sofrido para a Série C, porém, tenta extrair o que teve de positivo em sua primeira temporada num clube que não fosse o Santa Cruz. “Não foi como eu esperava. Fomos rebaixado e fizemos uma péssima campanha. Mas, pela experiência, foi bom. Passei o meu primeiro ano fora e volto agora mais maduro, mais experiente.”
 
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker