Página inicial
 
Mural de recados
15.12 | Fabio
Sorteio da Copa do Brasil: Santos/AP x Sport Fluminense de Feira/BA x Santa ...
15.12 | Patativa
Foi no lacerdao hoje e fiquei impressionado com o péssima qualidade do gramado,m ...
15.12 | KLEO
CARLOS, TU ALÉM D SER PESSIMISTA, SÓ PENSA NEGATIVO, DIFERENTE DE MIM Q SOU OTIM ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
05/11/2015
10h03 | esportes - SANTA CRUZ
SANTA CRUZ -> Com ataque como ponto forte, Tricolor enfrenta o Bahia, dono de 2ª melhor defesa da Série B
Fazer gols no Bahia não deverá ser uma missão tão fácil para o Santa Cruz. Com jogo marcado diante dos corais no próximo sábado, o time baiano tem uma defesa sólida, que custa a ser vazada e - ao lado de Vitória e Luverdense - ostenta o posto de segunda melhor do campeonato, atrás do Botafogo. Por outro lado, esta retaguarda vai ter pela frente, na Arena Fonte Nova, um duelo contra um ataque poderoso. O tricolor pernambucano é o quarto time que mais fez gols na competição e está agora reforçado do centroavante Grafite, recuperado de lesão.

Formado por dois homens abertos nas pontas e um centralizado, o ataque do Santa só não é mais positivo que o do líder Botafogo, Vitória e América-MG (com um jogo mais) - respectivamente, com 57, 51 e 50 gols marcados. Excetuando-se Diogo Campos e Bruno Mineiro - atletas do sistema ofensivo coral que menos atuaram - todos os outros jogadores do setor já balançaram as redes. Anderson Aquino, que mesmo sem jogar com tanta frequência, divide ainda o quarto lugar na artilharia da competição, com 10 gols.

Os holofotes do ataque, no entanto, estarão voltados mesmo para Grafite, com seis gols e sanado de problema musculares na panturrilha esquerda que o afastaram das três últimas rodadas. Coincidência ou não, quando o camisa 23 esteve em campo, o Santa só passou em branco uma vez, em um empate sem gols com o Sampaio Corrêa, no Maranhão.

Este ataque eficaz vai confrontar uma retaguarda do Bahia que não sofreu gols em 12 das suas 33 partidas na Série B, ou seja, permaneceu invulnerável em mais de um terço da Segundona. Com média de apenas um tento tomado por jogo, o desempenho defensivo do Tricolor de Aço dentro de casa é ainda melhor. Em 16 confrontos na Arena Fonte Nova, levou apenas 13 - numa média baixa de 0,8.

Atenção também com ataque do Bahia
Os jogadores do Santa preferem não apontar qual o setor mais forte do Bahia. Lembram do meio-campo e do ataque rival. Não é para menos. Na linha de frente, o adversário conta, por exemplo, com o atacante Kieza. Autor de 12 gols, é o terceiro goleador da Segunda Divisão e vice-artilheiro de toda a temporada no Brasil, com 27 tentos - nove atrás de Ricardo Oliveira, do Santos.

A defesa do Bahia

33 Jogos/33 Gols sofridos/1 gol sofrido por jogo, em média

O ataque do Santa Cruz

33 Jogos/49 Gols feitos/1,49 Gol feito por jogo, em média
 
DO SUPER ESPORTES 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker