Página inicial
 
Mural de recados
24.06 |
Soube que a procura de ingressos foi fraca... Que torcida fraca essa do central ...
24.06 | Gustavo
Lembro de quando anunciaram essa parceria com Granada fiz uma pesquisa e vi que ...
24.06 | Kaio SGD
Olha nos desfalque só o que poder atrapalhar é o desfalque de Agenor o resto pod ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
29/09/2015
05h12 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B: Santa Cruz 3x1 Bragantino - Tricolor vence e entra no G-4

Demorou, mas, enfim, o Santa Cruz está no G4. Depois de 29 jogos de espera só nesta edição da Série B, desta vez o Tricolor não desperdiçou a chance de figurar entre os quatro melhores. Na noite desta terça-feira, no Arruda, venceu o Bragantino por 3 a 1 e se alçou à terceira colocação, a sua melhor em toda a história da competição por pontos corridos, em vigor desde 2006. A condição pode ser apenas provisória, já que o complemento da rodada será no próximo sábado e concorrentes podem tirá-lo da zona de acesso. O resultado, mais do que qualquer análise fria de tabela, cimenta, sobretudo, o momento de ascensão da equipe.

Sob olhares do seu segundo maior público no campeonato e terceiro do ano, o Santa Cruz iniciou a partida disposto a definir o jogo nos primeiros minutos. Com menos de cinco, o Tricolor já havia tido um gol anulado de Daniel Costa - em que a arbitragem alegou um toque na mão de Vitor no lance anterior - e teve um chute cruzado bastante perigoso dado também pelo lateral direito. O começo do time inflamou a torcida. Mesmo com a pressão minguando ao passar do tempo, os corais abriram o placar, aos 34, com Lelê, após assistência de Luisinho.

Pela primeira vez nesta Segundona, o técnico Marcelo Martelotte repetiu uma escalação no Santa Cruz de um jogo para o outro. A equipe, destaque-se, manteve a sua obediência tática, sobretudo para marcar o adversário. O Bragantino, portanto, pouco conseguia criar. Em contrapartida, persistiram no Tricolor os erros de finalização mostrados na rodada passada - no empate sem gols com o Sampaio Corrêa, no Maranhão. Só Grafite perdeu dois gols claros na etapa inicial.

 Segundo tempo

Diferente do primeiro tempo, o segundo começou mais morno e foi aquecendo gradativamente. Embora não tenha esboçado uma pressão, o Santa conseguiu ampliar a vantagem bem cedo. Aos nove, depois de um escanteio de Daniel Costa, Luisinho completou para as redes: 2 a 0. Quem acreditou que já estava tudo definido, enganou-se. O Braga diminuiu com Alan Mineiro, cinco minutos depois. E quase empate no minuto seguinte com Rodolfo. Com o zagueiro Alemão mais uma vez expulso, chegou a se esperar um desfecho trágico no Arruda. Contudo, Martelotte fechou o time, acionando Bruninho e Marlon para reforçar a retaguarda, e estancou qualquer tipo de reação dos visitantes. Bruninho ainda teve tempo de fazer o terceiro no apagar das luzes.

Ficha do jogo

Santa Cruz 3

Tiago Cardoso; Vítor, Alemão, Danny Morais e Allan Vieira; Wellington, João Paulo, Daniel Costa (Bruninho), Lelê e Luisinho; Grafite (Bruno Moraes (Marlon)). Técnico: Marcelo Martelotte.

Bragantino 1

Douglas Friedrich; Alemão, Gilberto, Bonfim e Éder Lima; Renan (Conrado), Wigor, Chico (Rodolfo) e Alan Mineiro; Jobinho e Rodrigo Maranhão (Bruno César). Técnico: Wagner Lopes.

Local: Arruda (Recife-PE). Árbitro: Francisco de Paula Santos Silva Neto (RS). Assistentes: Carlos Henrique Selbach (RS) e Marcos Santos Vieira (AP). Gols: Lelê (34’ do 1T, Santa); Luisinho (9’ do 2T, Santa); Alan Mineiro (14’do 2T, Bragantino) e Bruninho (43`do 2T, Santa). Cartões amarelos: Alemão e Lelê (Santa); Renan, Gilberto e Éder Lima (Bragantino). Cartão vermelho: Alemão (Santa). Público: 14.338. Renda: R$ 161.690,00

Do Super Esportes 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker