Página inicial
 
Mural de recados
27.04 | Patativa
Meu Deus isso foi mostrado e um gramado ou um chiqueiro ...
26.04 | MARCOS LEITE
O CENTRAL PERDEU VÁRIOS BONS JOGAGORES Q DISPUTARAM O PERNAMBUCACNO DESSE ANO, A ...
26.04 | Beltrão
A próxima contratação do Central vem do : A) veloclube B) aeroclube C) Cineclub ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
04/09/2015
10h24 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B: Anderson Aquino perde pênalti e Santa Cruz fica no empate em 1x1 com o ABC fora de casa
Oferecimento: Caruaru Factoring
Um time que ainda não havia vencido como mandante contra outro com só uma vitória como fora de casa em toda a Série B. O resultado não poderia ser diferente: empate. Na noite desta sexta-feira, o Santa Cruz seguiu como um visitante pouco produtivo e apenas empatou em 1 a 1, na Arena das Dunas com o ABC, que acumulou agora a 12ª partida sem ganhar em Natal. O Tricolor não foi capaz de aproveitar as fragilidades do adversário e Anderson Aquino, de quebra, perdeu um pênalti aos 42 do segundo tempo.

O técnico Marcelo Martelotte não hesitou em barrar o vice-artilheiro da Segundona do time titular. De volta de suspensão, Aquino esteve apenas como opção na reserva, entrou apenas no segundo tempo e Luisinho permaneceu na equipe de cima. Se o antigo titular não estava produzindo como ponta, o novo dono da posição - habilitado para atuar pelos lados - produziu bem mais. Foi a válvula de escape do Tricolor nos primeiros 45 minutos. E foi justamente ele quem construiu na direita a jogada do gol coral aos 24, feito por Moradei.
 
 Pouco antes de o Tricolor conseguir a vantagem, diga-se, foi o ABC que quase abriu o placar. Vitor evitou o gol dos mandantes na linha. Era um sinal que o Santa Cruz precisava de um cuidado defensivo não mostrado em momento algum. O preço alto pago aos 42. A retaguarda coral deixou espaços e só viu Fábio Bahia enfiar uma bola para Rafael Oliveira, que deixou Alemão para trás e tocou na saída de Tiago Cardoso: 1 a 1. 

As falhas defensivas continuaram no início do segundo tempo. O ABC mantinha maior posse de bola. Usava, principalmente, as laterais para atacar. Pressionava. O Santa parecia esperar levar o gol. Ofensivamente, era inócuo. Trocar passes parecia uma missão impossível. Com Aquino em campo no lugar de Renatinho, os pernambucanos chegaram a melhorar sensivelmente. Grafite sofreu um pênalti. De olho na artilharia, Aquino foi o cobrador. Mas Gilvan defendeu e enterrou de vez as chances de o time de Martelotte conquistar uma vitória que não poderia ter deixado escapar. 

Ficha do jogo

ABC 
Gilvan, Ednei, Sueliton, Adriano e Marcilio; Fábio Bahia (Jeferson Paulista), Bismark (Rafinha), Rafael Miranda e Wellington Bruno; Rafael Oliveira e Edno (Cleyton). Técnico: Hélio dos Anjos. 

Santa Cruz
Tiago Cardoso, Vítor (João Carlos), Alemão, Danny Morais e Marlon (Diego Sacomam); Wellington, Moradei, Renatinho (Anderson Aquino), João Paulo e Luisinho; Grafite. Técnico: Marcelo Martelotte. 

Local: Arena das Dunas (Natal-RN) Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC) Assistentes: Neuza Inês Back (Fifa-SC) e Nadine Schramm (Fifa-SC) Gols: Moradei (24’do 1T, Santa); Rafael Oliveira (42’do 1T, ABC) Cartões amarelos: Fábio Bahia, Saulo e Gilvan (ABC); Alemão e Moradei (Santa)
 
Do Super Esportes 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker