Página inicial
 
Mural de recados
27.04 | Givaldo
Esse tal de Patativa devia mudar o nome para Urubu, esse desgraçado só faz corta ...
27.04 | Patativa
Meu Deus isso foi mostrado e um gramado ou um chiqueiro ...
26.04 | MARCOS LEITE
O CENTRAL PERDEU VÁRIOS BONS JOGAGORES Q DISPUTARAM O PERNAMBUCACNO DESSE ANO, A ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
31/08/2015
22h31 | esportes - SANTA CRUZ
SANTA CRUZ: Tricolor espera melhora de Bruno Mineiro para poder negociá-lo

 

O atacante Bruno Mineiro não faz mais parte dos planos do Santa Cruz para o restante da temporada. O jogador, que disputou nove partidas, em sete meses de clube, segue se recuperando de uma lesão sofrida no final de junho. Tão logo esteja apto, o clube vai aguardar propostas para negociá-lo. Ao arrumar nova casa para o atleta, os tricolores não têm a necessidade de pagar o salário do centroavante até o fim do contrato. O vice-presidente de futebol, Constantino Júnior, não escondeu a decepção com a situação.

- Isso é ruim para a torcida, para o atleta e para o clube. Ninguém tinha esse pensamento quando ele chegou. E nosso departamento médico tem profissionais do mais alto gabarito, não iria referendar uma contratação sem que o atleta tivesse a condição. Isso acontece, e não diminui o atleta. Bruno sempre conquistou títulos onde passou. Ele não deu certo aqui, mas tem tudo para dar certo em outro clube - afirmou.

 

Bruno Mineiro Santa Cruz (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)Bruno Mineiro passou cinco dos sete meses de Santa Cruz lesionado (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)

 

Bruno Mineiro foi contratado no dia 22 de janeiro como referência ofensiva do ataque do Santa Cruz. Mas, vivendo em meio a lesões, disputou nove confrontos. Ainda assim, teve uma sequência: participou das sete primeiras rodadas da Série B, quatro delas como titular, mas não marcou gols. 

- Vida que segue. Vamos seguir com os atacantes que temos. Torço para que ele reencontre seu melhor futebol e se recupere, porque acredito muito no jogador e no profissional que ele é.

 

 

Dos sete meses de clube, Bruno permaneceu cinco machucado. Em virtude de o Santa Cruz ter adotado a política de não dispensar jogadores, até pela obrigatoriedade de se pagar integralmente o salário dos atletas, o Tricolor não pensa em demiti-lo. E está aberto a propostas.

- A política adotada pelo Santa é não dispensar por dispensar. Quando você dispensa o atleta, você precisa pagar o contrato integralmente. Quando você consegue uma recolocação é melhor, para evitar os passivos trabalhistas. É importante ter responsabilidade nesse aspecto. Muito se fala que Bruno chegou lesionado, mas confio muito no nosso departamento médico e fisiologia. Foi tudo muito bem analisado. Ele teve dificuldade de adaptação, teve uma lesão, depois teve outra lesão recorrente da primeira... Ficou difícil - encerrou Constantino.
 
Do globoesporte.com/PE 
.

 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker