Página inicial
 
Mural de recados
19.10 | Antonio do Salgado
Respondento a Paulo. Meu chefe a diretoria é nova no clube, mais os funcionár ...
18.10 | MARCOS LEITE
É VERDADE PAULO RICARDO, DIRETORIA VAI ARRUMAR A KSA, ISSO NÃO PODE SER FEITO DA ...
18.10 | Paulo R
! Antônio, amigo a nova diretoria só faz 15 dias que assumiu o club e vc pergunt ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
31/07/2015
11h34 | esportes - SANTA CRUZ
SANTA CRUZ: Cada um com seus defeitos e virtudes, Vitor e Bileu disputam vaga na lateral

Marcelo Martelotte não conseguiu ainda repetir uma escalação de um jogo para outro. Não faz muita questão disso, por sinal. Com um Santa Cruz diferente a cada uma das oito partidas que comandou o time na Série B,  o treinador - sem suspensos ou machucados - poderia pela primeira vez manter a equipe diante do Oeste, em Osasco-SP. Mas uma posição ficou em aberto. Vitor viajou com o restante da delegação para São Paulo. O embarque acabou indicando que o lateral direito poderá fazer a sua estreia pelo clube e relegar Bileu à reserva.

Há quase duas semanas dedicado exclusivamente à preparação física, Vitor participou das atividades com bola no treino de dessa quinta-feira à tarde, no CT do Palmeiras - assim que os corais chegaram na capital paulista. Nininho, por sua vez, permaneceu no Recife entre os não relacionados.

Ou seja, como este atleta é o mais propenso ao ataque entre os laterais direitos, a tendência é que Martelotte queira uma postura mais precavida para no setor para o jogo fora de casa. Vitor e Bileu, diga-se, têm características mais defensivas. Ainda assim, existem pequenas, porém cruciais, diferenças entre os dois.

O ex-Sport compreende o jogo melhor. A obediência tática de Vitor lhe serve como trunfo. Compõe melhor a linha de quatro, o que tem sido um pedido recorrente de Martelotte durante os treinos para partidas longe do Arruda.

Como pontos negativos, por outro lado, pesam a lentidão e a pouca predisposição ofensiva. Volante de origem e improvisado na posição, Bileu não chega a ser um ponta. Longe disso Mas consegue atacar mais que o concorrente. Os erros de passes, no entanto, é um grave defeito dele.  

Fonte: Super Esportes. 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker