Página inicial
 
Mural de recados
27.04 | Patativa
Meu Deus isso foi mostrado e um gramado ou um chiqueiro ...
26.04 | MARCOS LEITE
O CENTRAL PERDEU VÁRIOS BONS JOGAGORES Q DISPUTARAM O PERNAMBUCACNO DESSE ANO, A ...
26.04 | Beltrão
A próxima contratação do Central vem do : A) veloclube B) aeroclube C) Cineclub ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
17/07/2015
23h04 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B: Santa Cruz bate o Atlético-GO por 3x0 e respira na competição
Não foi fácil como o placar pode demonstrar. O Santa Cruz errou passes. Deu campo para o adversário. Tomou sustos. Mas teve méritos. No jogo marcado pela volta de Tiago Cardoso e em que o goleiro teve pouco trabalho, o setor ofensivo esteve com a pontaria calibrada. Nas poucas chances em que criou, foi decisivo e venceu o Atlético-GO por 3 a 0, no Arruda. Destaque para o segundo gol. Uma cobrança de falta precisa de Daniel Costa. Com o resultado, a equipe coral soma 18 pontos e reage após perder para o Náutico. No próximo sábado, o time de Marcelo Marcelotte, que soma quatro vitórias, um empate e uma derrota no comando, encara o Criciúma, em Santa Catarina.

O Santa Cruz entrou em campo desfigurado. Sem sete peças entre titulares e reservas. O zagueiro Danny Morais, o volante Wellington César, o meia João Paulo e o atacante Nathan, suspensos, além do zagueiro Alemão, o volante Bruninho e o meia Guilherme Biteco, lesionados, estavam fora de campo. Mas a solução encontrada por Marcelo Martelotte surtiu efeito para o primeiro gol. Pelo menos.


No ataque, a força coral se concentrava nas pontas. Do lado direito, Lelê. Do esquerdo, Renatinho foi deslocado da função de volante para a atuar mais avançado. Assim, a dupla criou o gol que abriu o placar da partida. Um lançamento do baixinho encontrou a velocidade e a precisão de um chute no canto direito de Lelê, aos 14 minutos. Mas foi só.

No primeiro tempo, o time de Marcelo Martelotte voltou a fazer um jogo de pouca inspiração assim como no clássico contra o Náutico, na rodada anterior. Situação que refletiu no comportamento da torcida. Era o time com extrema dificuldade em trocar passes, e a arquibancada em silêncio.

Em campo, o rival Atlético-GO conseguia até agredir mais. Não à toa, criou três chances. Uma delas raspou na trave após o chute de Feijão. Tiago Cardoso, voltando de lesão após quase oito meses, não tinha o que fazer no lance. Travado, o Santa Cruz só veio a assustar em uma bola parada que encontrou a cabeça de Marlon e depois parou na trave.
 
 Segundo tempo

No segundo tempo, o Santa Cruz passou a diminuir os espaços no campo defensivo e travou a criação do rival. Cresceu. A equipe coral passou a se fechar atrás da linha do meio-campo e explorar os contra-ataques. Em uma das subidas, acabou ganhando uma falta perigosa. Na cobrança, aos 18 minutos, Daniel Costa foi genial. Chutou por baixo da barreira e ampliou a vantagem do Santa Cruz. Com adversário já abatido, o time coral ainda se lançou e definiu o placar em 3 a 0 após Lelê aproveitar o rebote.


Ficha do jogo

Santa Cruz 3
Tiago Cardoso; Nininho (Luisinho), Neris, Diego Sacoman e Marlon (Lúcio); Moradei, Bileu, Renatinho (Pedro Castro), Lelê e Daniel Costa; Anderson Aquino. Técnico: Marcelo Martelotte.

Atlético-GO 0
Márcio; Eduardo, Marllon, Samuel e Eron; Anderson Pedra, Pedro Bambu, Thiago Primão (Juninho) e Aílton (Willie); Arthur (Weverton) e Geraldo. Técnico: Jorginho.

Local: Arruda (Recife-PE)
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)
Assistentes: Marcus Vinícius Gomes (MG) e Marconi Helbert Vieira (MG)
Gols: Lelê (14min do 1ºT e 48min do 2ºT); Daniel Costa (18min do 2°T)
Cartões amarelos: Neris, Lelê (S); Arthur, Thiago Primão (A)
Público: 10.220 pessoas
Renda: R$ 120.325,00
 
Do Super Esportes 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker