Página inicial
 
Mural de recados
24.09 | VICTOR HUGO
FOI LINDO V AS IMAGENS DO LACERDÃO QUASE LOTADO, O GRAMADO UM VERDADEIRO TAPETE ...
22.09 | Aldery
É nítido ver como é desastroso ao Central há tanto tempo estar fora de uma série ...
22.09 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! Bela iniciativa da diretoria. Aproveitar a oportunidade par ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
13/06/2015
19h44 | esportes - SANTA CRUZ
SANTA CRUZ -> Ricardinho não é mais técnico da Cobra Coral
CLIQUE E CONFIRA.
Do Super Esportes 
 
Ricardinho está fora do Santa Cruz. Campeão pernambucano no Tricolor há pouco mais de um mês, o treinador deixou o cargo oficialmente na tarde deste sábado, após o empate sem gols com o Boa Esporte-MG, no Arruda, na noite anterior. Na Série B do Brasileiro, o retrospecto do comandante foi catastrófico. Foram quatro derrotas, dois empates e apenas uma vitória em sete partidas na competição. Com a equipe afundada na zona de zona de rebaixamento, o treinador sai do clube desgastado com a direção, com membros da comissão técnica, com a imprensa e, sobretudo, com a torcida. A informação foi confirmada através do presidente Alírio Moraes.

"Acabamos de falar uma hora atrás com ele e chegamos ao consenso em relação a saída dele. Foi uma decisão consensual, pois tínhamos nele a maior confiança em relação ao projeto. Porém, com essa sequência de resutlados negativos ele mesmo chegou a conclusão que fez tudo ao seu alcance para ver se o time se recuperava e voltava a jogar um bom futebol. Ele quis natualmente deixar o espaço aberto para seguir seu caminho e nós o nosso. Estamos na zona de rebaixamento e precisamos reagir. Ele então, de forma muito ética, correta, deixa o Santa Cruz", afirmou o mandatário coral, bastante lúcido e tranquilo.

Assim que acabou a coletiva que concedeu após o jogo com o Boa, Ricardinho reuniu-se com a cúpula coral para definir o seu futuro. O desfecho da conversa da madrugada terminou em sua saída, como já vinha sendo especulado desde as primeiras horas do dia. Multicampeão como jogador, o técnico conseguiu a sua conquista de maior expressão como técnico no Santa Cruz. Nunca, porém, foi unanimidade no Arruda. O mau desempenho no início do Estadual poderia ter lhe custado o emprego. Mas, sustentado por parte da diretoria, conquistou o título do PE2015. Depois de ter montado uma equipe praticamente do zero e ter se sagrado campeão, o comandante acabou crescendo nos bastidores.

Embora tenha saído em baixa, o treinador saiu do clube aparentemente bem com a diretoria. "Entendemos juntos agora que era o momento de paralisarmos o trabalho. Ficam a partir de agora um profissional que seguirá seu trabalho e um clube que manterá sua tradição e grandeza. Quero agradecer a todos que me receberam tão bem no Santa Cruz desde o primeiro dia até a data de hoje", disse Ricardinho, através de nota oficial emitida pelo Santa Cruz.

De moral elevado, começou a fazer constantes exigências à direção desde o início do Brasileiro. A construção do CT, uma concentração fora do estádio e o pagamento de salários atrasados dos atletas eram cobranças quase diárias. A insistência nos pedidos e a personalidade forte do treinador acabou irritando os diretores. Sobretudo o coordenador de futebol Sandro Barbosa, que deixou o clube na última sexta-feira devido aos atritos. A partir de então, Ricardinho cresceu internamente. Na semana passada, aliás, teve algumas exigências atendidas (como a contratação de Luisinho e Lelê) e uma concentração em um hotel de luxo ao invés do Arruda.

Com relações corroídas com parte da cúpula tricolor e sem engrenar o time dentro de campo na Série B, a saída de Ricardinho estava por um triz. Apesar de querer levar o projeto à frente, o presidente Alírio Moraes já havia avisado. “Futebol é resultado”. O estopim da queda foi o empate e mais um mau desempenho, desta vez diante do Boa. O Santa Cruz, por sua vez, já começa a busca no mercado por um novo treinador.

Os números de Ricardinho
no Santa Cruz

21
Jogos

8
Vitórias

8
Derrotas

5
Empates

46%
Aproveitamento
 
Foto: Ricardo Fernandes/DP Press 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker