Página inicial
 
Mural de recados
24.06 |
Soube que a procura de ingressos foi fraca... Que torcida fraca essa do central ...
24.06 | Gustavo
Lembro de quando anunciaram essa parceria com Granada fiz uma pesquisa e vi que ...
24.06 | Kaio SGD
Olha nos desfalque só o que poder atrapalhar é o desfalque de Agenor o resto pod ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
10/01/2015
19h52 | esportes - Santa Cruz
Santa Cruz - Com disputa aberta no gol tricolor, Bruno e Fred lutam contra fantasma da reserva
CLIQUE e CONFIRA.
Anunciado pelo Santa Cruz nessa sexta-feira, o goleiro Bruno  assinou contrato e já treinou a parte física na academia. Veio, em princípio, para brigar por posição com Fred. Ídolo e dono da posição, Tiago Cardoso está machucado no joelho direito e deve ficar por mais de três meses parado. Independente de quem seja agora o camisa 1 no início desta temporada, Bruno e Fred vão viver dias de pressão. Precisam mostrar que podem substituir o titular à altura. De cara, um deles precisará agradar já no primeiro jogo de 2015. Num clássico contra o Sport, em casa. Qualquer deslize será suficiente para que ganhem a antipatia da torcida, acostumada há quatro anos consecutivos com segurança no gol.

Ambos os candidatos ao posto de novo goleiro tricolor não vinham atuando com frequência em 2014. Reserva no clube há dois anos e meio, Fred jogou apenas as duas derradeiras partidas da última Série B. Só devido à lesão de Cardoso. Bruno, por sua vez, fez quatro jogos pelo Palmeiras na temporada passada. Criado nas categorias de base do Verdão, em 2008, chegou a atuar 70 vezes no Alviverde. Mas nunca convenceu.

Uma falha contra o Tijuana, que contribuiu para a eliminação do time na Libertadores de 2013, marcou a sua carreira. O atleta de 30 anos entrou de vez na lista de desafetos da torcida. Após o time paulista perder na estreia da Segundona do Brasileiro daquele ano para o América-MG, retrucou os xingamentos de um torcedor nas arquibancadas. Mostrou-lhe o dedo do meio em riste e chegou a chamá-lo para brigar. Seria o começo do seu fim no Palmeiras.

Espera, a partir de então, um recomeço no Arruda. Bruno está no último ano de contrato com os paulistas. Ao fim do vínculo de empréstimo para o Santa, estará livre para negociar com outras equipes. Precisa dar uma guinada na carreira. E, como veio com o aval do técnico Ricardinho, a chance de ser titular e poder mostrar os seus atributos são grandes. Fred, contudo, mantém a confiança em alta. “Vou trabalhar porque, se a oportunidade vier, eu estarei preparado”, frisou.
 
Do Super Esportes 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker