Página inicial
 
Mural de recados
20.07 | Warley Santos (Respondendo José Arruda)
Caro José Arruda O PE SUB-20 vai começar no próximo dia 29 de julho ...
20.07 | jose arruda
Warley, cadê as noticias atualizadas do PE Sub 20-2017?????????????????????????? ...
20.07 |
Na verdade , o link postado aqui no site está quebrado. O correto é http://ww ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
18/11/2014
10h00 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B -> Santa Cruz 0x2 Sampaio Corrêa - Tricolor tropeça em casa e praticamente dá adeus ao G-4
CLIQUE E CONFIRA.
A torcida do Santa Cruz ainda acreditava no acesso à Série A e obedeceu o chamado do técnico Oliveira Canindé. Compareceu em bom número ao Arruda. Começou incentivando e jogando com time, mas, aos poucos os gritos foram se transformando em vaias e o time ficou nervoso em campo e acabou derrotado pelo Sampaio Corrêa, por 2×0, em jogo válido pela 36° rodada da Série B.

O técnico Oliveira Canindé mexeu errado no segundo tempo e foi bastante xingado pela torcida, que também não poupou vaias ao volante Memo. Com o resultado o sonho do G-4 ficou praticamente impossível para o Santa já que a diferença para o quarto colocado aumentou para quatro pontos, faltando duas rodadas e seis pontos a serem disputados.

O Tricolor caiu para a décima posição, sendo ultrapassado pelo próprio Sampaio Corrêa. Os gols do time maranhense foram marcados no segundo tempo, por Válber, aos três minutos; e Luiz Otávio, aos 23. Na próxima rodada o Santa recebe o Avaí no Arruda enquanto o Sampaio enfrenta o Atlético-GO no Maranhão.

O jogo

O Santa Cruz entrou nervoso em campo e errou bastante no primeiro tempo deixando a torcida impaciente e irritada nas arquibancadas. O time ouviu vaias de quem foi ao Arruda para apoiar e fez isso em boa parte do jogo. Mas ao ver pouca produção, muita afobação e vários erros de passe trocou os gritos de incentivo por xingamentos, que deixaram os jogadores ainda mais ansiosos no gramado. O mais perseguido foi o volante Memo, que entrou na vaga do suspenso Bileu.

O Santa começou errando vários passes na saída de jogo e esquecendo que tinha dois meias em campo. Preferiu fazer lançamentos e se precipitou. As boa jogadas surgiam quando Tiago Costa e Tony avançavam pelos lados e cruzavam, mas nenhuma bola alçada achou Léo Gamalho. O Sampaio Corrêa, como um franco atirador, ficou em alerta para quando o Santa cometesse erros chegasse ao ataque na tentativa de abrir o placar.

O Tricolor pernambucano teve mais posse de bola mas individualizou demais com Keno e Wescley. Aos 25 Wescley dominou dentro da área e chutou forte para uma boa defesa de Rodrigo Ramos. O Santa usou muitos as jogadas aéreas mas não viu a defesa adversária bem posicionada e ganhando praticamente todas as bolas.

O Sampaio também chegou com perigo em duas jogadas. A primeira logo no início com Marino que chutou forte e Cardoso fez a defesa. Depois, aos 10 minutos, Marino tentou de fora da área mas a bola passou à direita. O que já estava ruim ficou ainda pior no início do segundo tempo. Logo aos três minutos Válber aproveitou o bate rebate na área e finalizou para as redes corais. Um a zero para o Sampaio e a torcida passou a vaiar o time ainda mais. O técnico Oliveira Canindé demorou para reagir e fazer mudanças.

Do outro lado o técnico Vinícius Saldanha entrou com duas modificações , Robson Simplício no lugar de Jonas; e Márcio Diogo na vaga de Hiltinho. Quando pensou em fazer alterações, Canindé tirou Keno e colocou Pingo, sendo bastante criticado pela torcida, que pedia um time mais ofensivo em campo.

O time não melhorou em campo e seguiu errando passes e dando campo de jogo ao Sampaio. Aos 23 minutos o golpe de misericórdia foi dado pelo zagueiro Luiz Otávio, que subiu livre e tocou para as redes de Tiago Cardoso. A torcida começou a deixar o estádio. O time desanimou ainda mais e poucos procuravam criar jogadas e diminuir o placar. Canindé ainda fez outra mudança, Natan saiu para a entrada de Emerson Santos. Até o apito final quem ficou no Arruda viu um time entregue ao resultado e esperando o jogo acabar.
 
Do Blog do Torcedor 
 
 Válber abriu o placar no segundo tempo e foi comemorar com os companheiros. Foto: Diego Nigro / JC Imagem

Válber abriu o placar no segundo tempo e foi comemorar com os companheiros. Foto: Diego Nigro / JC Imagem



...
 
 
 
eXTReMe Tracker