Página inicial
 
Mural de recados
28.04 | Antonio
Esse Danilo Costa parece ser um monstro na zaga ...
28.04 | Anderson
Esse zagueiro Danilo parece ser um bom jogador para a nossa PATATIVA!!!! ...
28.04 | Gabriel
O Central precisa de um bom plano de marketing, filmar bastidores, como é a roti ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
14/10/2014
08h00 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B -> Santa Cruz 2x1 Bragantino - Os gols do Tricolor na partida foram marcados por Wescley e Alemão; Léo Jaime descontou para os visitantes
CLIQUE E CONFIRA.

 

Ao contrário de outros 11 jogos na Série B, ao contrário das duas últimas rodadas, o Santa Cruz conseguiu segurar uma vantagem após ter inaugurado o placar. Na noite desta terça-feira, no Arruda, a equipe coral fez 2 a 1 no Bragantino - numa partida que era para ter acontecido em 16 de agosto e foi adiada devido à morte do ex-governador Eduardo Campos naquela semana. Em campo, é fato que o Tricolor não teve uma atuação primorosa. O resultado, no entanto, mantém viva a chama do improvável acesso. 

O Santa não se achou no primeiro tempo. A transição do meio para o ataque era lenta. Os erros de passes, frequentes.Precisava-se apelar quase sempre paras as ligações diretas. Sem sucesso. Julinho acabou desperdiçando a chance mais efetiva dos tricolores até então. Cara a cara com goleiro, tocou para Léo Gamalho, marcado, ao invés de ter chutado. O Bragantino, mais consciente, foi sensivelmente superior e poderia ter aberto o placar. 

Nesse cenário, contando também com uma marcação aplicada do rival, a torcida coral começou a perder a paciência. O jogo, sim, era feio. Por volta da metade da etapa inicial, vaias já começavam a ser ouvidas a cada falha do time de Oliveira Canindé. Num lance pontual,  Wescley quem amenizou a situação. Aos 35 minutos, arriscou de fora da área. Fez 1 a 0 para os mandantes e iniciou a construção da vitória. 

Mesmo na frente, o Santa Cruz continuou frio, embora tenha equilibrado mais o confronto depois de ter feito o seu gol. Atrás, os volantes Sandro Manoel e Bileu deram muito espaço no meio-campo. As limitações técnicas do Bragantino impediram, entretanto, algum esboço de reação.

Segundo tempo
Qualquer tipo de pretensão dos paulistas no duelo foi logo desfeita aos quatro minutos. Após um escanteio, o zagueiro estreante Alemão fez uma jogada de atacante dentro da área e ampliou. Inoperante, o Braga acuou-se ainda mais. O Santa Cruz só precisou administrar até o apito final. Ainda assim, em um lance despretensioso, sofreu o gol de honra, feito por Léo Jaime, no apagar das luzes.

Santa Cruz 2
Tiago Cardoso; Tony, Alemão, Renan Fonseca e Julinho (Renatinho); Sandro Manoel, Bileu, Danilo Pires e Wescley (Ailton); Keno (Pingo) e Léo Gamalho. Técnico: Oliveira Canindé.

Bragantino 1
Wilson Júnior; Robertinho, Yago, Tobi e Magal; Geandro, Romário (Caboré), Magno Cruz (Léo Jaime) e Sandro; Antônio Flávio (Erik) e Mota. Técnico: PC Gusmão.

Local: Arruda (Recife-PE). Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS). Assistentes: Armando Lopes de Souza (CE) e Anderson Moreira de Farias (CE). Cartões amarelos: Alemão (Santa Cruz). Gols: Wescley (35 do 1T, Santa); Alemão (4 do 2T, Santa) e Léo Jaime (47 do 2T, Braga). Público: 12.897. Renda: R$ 130.304.
 
Matéria do Super Esportes 

 


...
 
 
 
eXTReMe Tracker