Página inicial
 
Mural de recados
25.07 | luciano
pra resolver o problema do central, não é preciso fechar as portas , e sim os só ...
24.07 | Franco
Carlos e Paulo Alvinegro, vcs pelo menos são sócios, ou apenas críticam e defend ...
24.07 | Paulo alvinegro
Parabéns Carlos pelo seu comentário. ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
20/09/2014
09h05 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B -> Santa Cruz sai na frente, mas Icasa empata ainda na primeira etapa e segura resultado: 1x1
Clique e Confira.
O novo técnico do Santa Cruz assistiu ao jogo deste sábado dos camarotes do Arruda. Viu que vai ter um caminho sinuoso pela frente para recuperar o Tricolor na Série B. Contra o Icasa, sob o comando do interino Adriano Teixeira, os corais voltaram a manifestar os mesmos erros da Era Sérgio Guedes. Pecou bastante na proteção. E, outra vez, entregou um resultado depois de ter aberto o placar. Pela nona vez no campeonato. O 1 a 1 agravou a pressão no clube às vésperas de o treinador contratado assumir o comando do time, nesta segunda-feira.  

Foi um início de partida de contrastes para o Santa Cruz, assim como em toda a competição. A defesa falhava. Dava espaços. Lances bizarros, como uma furada de Sandro Manoel na entrada da área, foram protagonizados. Os cearenses chegavam com alguma facilidade. Já ofensivamente, o Santa era impetuoso. Criou três chances claras de gols antes de abrir o placar. Abriu em um pênalti, convertido por Léo Gamalho, aos 10. O empate veio logo. Três minutos depois, faltou combate e Lucas Gomes deixou tudo igual.

Sem Natan, vetado de última hora por desgaste muscular, Danilo Pires foi acionado. A equipe tricolor perdeu criatividade. Em certo momento da partida, quando o adversário começou a esfriar o jogo, precisou-se desta peça. De alguém com um repertório mais amplo de jogadas. Sozinho armação, Wescley começou a não funcionar tanto na meia. As vaias da torcida aos atletas na hora do intervalo já eram esperadas. 

Segundo tempo  
O Icasa adotou uma postura mais precavida na etapa inicial. Os corais foram para cima. Embora com mais posse de bola, não conseguiram criar tanto. Depois de sete meses sem jogar, Cassiano entrou aos 12. O Santa Cruz passou a atuar com três atacantes. A meia tricolor, no entanto, perdeu ainda mais força. O time do Cariri estava satisfeito com o resultado. Povoou o meio-campo e segurou o placar. 

Santa Cruz 1
Tiago Cardoso; Tony, Everton Sena, Renan Fonseca e Julinho (Renatinho); Sandro Manoel, Bileu, Danilo Pires (Cassiano) e Wescley; Keno (Pingo) e Léo Gamalho. Técnico: Adriano Teixeira (interino).

Icasa 1
Busatto; Ivanílson, Naylhor, Gilberto e Zeca; Albano, Rodrigo Vítor, Dodó e Danilo (Eliomar); Erik (Fernando Sobral) e Lucas Gomes. Técnico: Vladimir de Jesus.

Local: Arruda (Recife-PE). Árbitro: Antônio Neuricláudio Costa (AC). Assistentes: Rener Santos de Carvalho (AC) e Thiago Costa Leitão (PI). Gols: Léo Gamalho (10 do 1T, Santa Cruz); Lucas Gomes (13 do 1T, Icasa). Cartões amarelos: Rodrigo Vitor (Icasa). Público: . Renda: .
 
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker