Página inicial
 
Mural de recados
19.10 | Antonio do Salgado
Respondento a Paulo. Meu chefe a diretoria é nova no clube, mais os funcionár ...
18.10 | MARCOS LEITE
É VERDADE PAULO RICARDO, DIRETORIA VAI ARRUMAR A KSA, ISSO NÃO PODE SER FEITO DA ...
18.10 | Paulo R
! Antônio, amigo a nova diretoria só faz 15 dias que assumiu o club e vc pergunt ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
18/09/2014
09h30 | esportes - SANTA CRUZ
SANTA CRUZ >>> Gestão de Antônio Luiz Neto segue com filosofia de não interromper trabalho do treinador
Clique e Confira.
Contestado desde quando foi contratado, a pressão sobre o técnico Sérgio Guedes aumentou consideravelmente. Há fortes concorrentes livres no mercado. O principal deles é Zé Teodoro. Bicampeão estadual pelo Santa Cruz e responsável por tirar o time da Série D, foi demitido nessa quarta-feira do ABC-RN. Justamente por conta dos resultados - o time está na briga para não cair. Nem mesmo a boa campanha do time na Copa do Brasil - está nas quartas de final - serviu para contrabalancear e livrar o pescoço do treinador. O Santa Cruz, entretanto, não deverá promover mudança alguma no comando técnico. 

Em toda a gestão de Antônio Luiz Neto, não houve demissões de treinador. Os que se foram, saíram do clube por fim de contrato, para ir para outro clube ou por iniciativa própria. O presidente, aliás, garante que Sérgio Guedes está seguro no cargo.

Mesmo com mais uma derrota na Série B do Brasileiro, no próximo sábado, diante do Icasa, no Arruda. “Nunca tratamos da troca de treinador. Ele não está ameaçado", enfatizou, taxativo, ALN. "Vamos manter o trabalho. Nem bem começamos o segundo turno ainda", minimizou o mandatário coral.

Como o técnicos da gestão ALN deixaram o Arruda

Zé Teodoro
Primeiro treinador da gestão de Antônio Luiz Neto, com início em 2011, Zé Teodoro deixou o Arruda após não conseguir sair da Série C, em 2012. Mas não houve quebra de contrato depois do fracasso no nacional. O seu vínculo com o clube expirou-se em novembro daquele ano. A diretoria preferiu optar apenas pela não renovação. “Vamos acreditar em novos ares”, disse, à época, o diretor de futebol Constantino Júnior.

Marcelo Martelotte
Para se repaginar, o Santa trouxe o ex-goleiro Marcelo Martelotte para treinar o time na temporada 2013. Passou por turbulência no Arruda após ter sido eliminado em casa nas quartas de final do Nordestão, pelo Fortaleza. Com duas derrotas para Salgueiro e Chã Grande no estadual, também no Arruda, balançou no cargo. A partir da oitava rodada do Pernambucano, deu a volta por cima. conseguiu uma sequência de sete jogos invicto, venceu Náutico e Sport nos clássicos e se sagrou tricampeão. Justamente para substituir Sérgio Guedes no rival rubro-negro, saiu em alta do Tricolor para comandar o Sport, em maio de 2013.

Sandro Barbosa
Auxiliar técnico de Zé Teodoro no Santa, Sandro Barbosa recebeu a missão de comandar os corais na Série C do ano passado. Com uma campanha sofrível, chegou a pedir para sair depois duma goleada por 6 a 0 contra o Treze. Mesmo em rota de colisão com a torcida, só uma semana depois, quando perdeu para o Luverdense em Lucas do Rio Verde, o seu pedido foi aceito pela direção. Retornou neste ano para assumir a função de gestor de futebol.

Vica
Vica deu vida nova ao Tricolor na Série C 2013. Substitiu Sandro e conseguiu levar o clube ao acesso e ao título da competição. Nesta temporada, contudo, foi eliminado pelo Sport no Pernambucano e na Copa do Nordeste. Embora pressionado e "fritando" no cargo, foi mantido para a Segundona. Comandou o time na rodada de estreia. Bastou. Empatou em 1 a 1 com o ABC, no Arruda, saiu vaiado de campo e pediu para ir embora.

Do Super Esportes


...
 
 
 
eXTReMe Tracker