Página inicial
 
Mural de recados
27.04 | Patativa
Meu Deus isso foi mostrado e um gramado ou um chiqueiro ...
26.04 | MARCOS LEITE
O CENTRAL PERDEU VÁRIOS BONS JOGAGORES Q DISPUTARAM O PERNAMBUCACNO DESSE ANO, A ...
26.04 | Beltrão
A próxima contratação do Central vem do : A) veloclube B) aeroclube C) Cineclub ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
14/08/2014
21h59 | esportes - COPA DO BRASIL
COPA DO BRASIL -> Santa Cruz empata por 1x1 com o Santa Rita/AL e está fora da competição nacional
Clique e Confira.
Não teve força, vontade ou abafa que salvasse o Santa Cruz na noite desta quinta-feira, pela Copa do Brasil. Por mais que fosse uma equipe superior ao Santa Rita e tenha criado chances claras de gol, faltou organização para o Tricolor se classificar no mata-mata nacional. Ficou apenas no 1×1, no jogo de volta, no Arruda, e foi eliminado da competição ainda na terceira fase da competição. Rafael Silva fez os dos visitantes, enquanto Betinho empatou. O jogo de ida foi 3×2 para os alagoanos.

O próximo compromisso do Santa Cruz agora é pela Série B. O Tricolor encara o Sampaio Corrêa, na terça-feira, fora de casa. A meta é se recuperar da eliminação da Copa do Brasil e emplacar a terceira vitória seguida na Segundona.

O JOGO - Ter as redes balançadas logo no começo da partida não estava no roteiro do Santa Cruz, é lógico. Mas o gol de Rafael Silva aos dois minutos do primeiro tempo não foi o principal problema coral na partida. Assim como na partida de ida, em Alagoas, o Tricolor demonstrou pouco poder coletivo no gramado, principalmente no aspecto defensivo.

As laterais voltaram a ser o calo do Santa Cruz no campo. Foi pelos lados do campo que o adversário chegou ao gol. O lado esquerdo coral foi o que demontrou maior fragilidade. Renatinho nem parecia lateral na partida. Caia por todos os cantos, menos o que estava destinado. Assim, deixou um verdeira buraco na defesa tricolor.

Só que o erro de posicionamento não foi a única falha do Santa. O ataque apresentou equívocos ao apostar muito no lançamento longo, sem que a bola passasse pelo meio de campo. Isso dificultou a criação de melhores jogadas. Natan, que foi escalado para dar maior criatividade ao time, mal tocou na redonda. Faltou paciência para a equipe de Sérgio Guedes.

Quando a bola finalmente conseguiu chegar à meta adversária, vieram os erros de finalização e o goleiro Jeferson. Ficou até difícil contar as chances perdidas pelo Santa Cruz na partida. Claro que o discurso de que a bola não quis entrar não se aplica ao Tricolor. Por mais que tenha chegado com perigo, e até tenha feito um gol no fim da partida, ficou a impressão de que faltou colocar a bola no chão durante mais tempo.

FICHA DA PARTIDA – SANTA CRUZ 1X1 SANTA RITA-AL

Santa Cruz: Tiago Cardoso; Tony, Everton Sena, Marllon e Renatinho; Sandro Manoel, Everton (Danilo Pires), Carlos Alberto e Natan (Adilson); Pingo (Betinho) e Léo Gamalho. Técnico: Sérgio Guedes.

Santa Rita: Jeferson; Edir, Junior Carvalho, Selmo Lima e Jeanderson; Adriano (Gueba), Cristiano, Lucas e Wagner (Tinga); Rafael Silva (Júnior Amorim) e Reinaldo Alagoano. Técnico: Eduardo Neto.

Copa do Brasil (3ª fase). Local: Arruda, Recife. Árbitro: Ítalo Medeiros de Azevedo (RN). Assistentes: Luis Carlos Bezerra e Ubiratan Bruno Viana (ambos do RN). Gols: Rafael Silva (SR) aos 2 minutos do primeiro tempo; Betinho aos 36 do segundo.. Amarelos: Lucas (RS), Wagner (SR), Cristiano (SR), Everton (SC), Edi (SR) e Léo Gamalho (SC).
 
Do Blog do Torcedor 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker