Página inicial
 
Mural de recados
26.06 | Gustavo
Muita gente acha que a soluçao pra o central é subir pra serie C,so que nao adia ...
26.06 | A verdade nua e crua!
Vi aqui alguns comentários sobre se gastar R$ 500 mil em uma atração do São João ...
26.06 | beto
CENTRAL DEVIA ERA ACABAR DEMOLIR E NIGUEM NUNCA MAIS LEMBRA QUE EXISTIU ESSE LIX ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
02/08/2014
09h00 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B > Com gol de Léo Gamalho, Santa Cruz bate o América-RN na Arena das Dunas, em Natal
Clique e confira.
DO SUPER ESPORTES 
 
A defesa não foi impecável. Falhou em alguns momentos, mas conseguiu o objetivo de não sofrer gols. E, assim, o Santa Cruz conseguiu a sua primeira vitória na Série B depois da Copa do Mundo. O placar magro, 1 a 0, sobre o América-RN é suficiente para afastar a crise do Arruda, pelo menos até a próxima rodada, quando o Tricolor disputará o Clássico das Emoções. O triunfo deste sábado foi assegurado com um gol de Léo Gamalho, aos 33 minutos do primeiro tempo, após uma bela jogada.

A postura mais defensiva do Santa Cruz, no início da partida, é justificada. Era preciso ver o impacto das mudanças no time. Em especial, o comportamento do zagueiro Marllon e do volante Everton, as novidades do time - que estavam há algum tempo sem atuar. Some-se a isso a obrigação do América-RN de tomar a iniciativa do jogo, por estar em casa. 

O maior volume ofensivo potiguar, nos primeiros 10 minutos, não teve uma grande chance de gol, porém. Ela só apareceu aos 18 minutos, quando o Santa Cruz já se soltava mais em campo. Surgiu numa falha de Marllon, um efeito incontestável da falta de ritmo de jogo. Ele protegeu a bola com o corpo de Rodrigo Pimpão, que se aproximava em velocidade. Fez certo. Na hora de afastar, no entanto, furou. O atacante do América-RN ficou com a bola e chutou. Tiago Cardoso defendeu.

 

O lance deixou os tricolores em alerta. Nitidamente, a primeira preocupação do time era defensiva. Não raramente, o time ficou completamente recuado em campo, com nove atletas de linha atrás da própria intermediária - apenas Léo Gamalho ficava um pouco à frente da linha de meio-campo. As investidas ao ataque estavam centralizadas em Carlos Alberto. A bola tinha que passar por ele.


Como aconteceu aos 33 minutos, numa saída de contra-ataque tricolor. O meia foi preciso no tempo e no espaço ao lançar o lateral direito Tony. Em velocidade, em condição legal, o ala avançou livre, deixando a marcação para trás. Acompanhando pelo meio, Léo Gamalho. Tony percebeu, olhou e cruzou. Sozinho, o atacante coral deslocou o goleiro Fernando Henrique: Santa Cruz 1 a 0.Na comemoração, ele fez um gesto mandando a torcida ficar em silêncio. Recebeu cartão amarelo.

O gol deu mais confiança e tranquilidade para o Santa Cruz. Deixou o América-RN afobado, mais aberto. E quem chegou perto de marcar foi o Santa. Perto dos 45, num lançamento longo para Carlos Alberto. O meia se atrapalhou na hora de dominar a bola. 

Segundo tempo
O América-RN começou o segundo tempo mais inflamado do que o primeiro, querendo pressionar o Santa Cruz, que não se encolheu. E, após um período de muitas faltas de ambos os lados, o time pernambucano chegou com perigo ao ataque. Na verdade, com uma ajuda adversária. Aos 10 minutos, após uma cobrança de falta de Carlos Alberto, Fabinho desviou de cabeça e quase fez contra. No lance seguinte, Carlos Alberto - ele de novo! - recebeu na direita e percebeu a aproximação de Sandro Manoel, na entrada da área. Rolou a bola, mas o volante errou o chute, perdendo uma excelente chance.

Quem também furou, aos 27 minutos, foi o atacante Léo Gamalho. Outra chance perdida do Santa Cruz, que começava a ver o América-RN crescer no jogo. Ele, então, mexeu no time, colocando Wescley e Natan para dar mais fôlego ao meio-campo. Com a defesa bem postada, o time conseguiu segurar o resultado.
 
América-RN 0
Fernando Henrique; Wálber, Cléber, Roberto Dias e Wanderson; Márcio Passos, Fabinho, Val (Paulinho) e Jefferson (Andrezinho); Isac (Daniel Costa) e Rodrigo Pimpão. Técnico: Oliveira Canindé.

Santa Cruz 1
Tiago Cardoso; Tony, Everton Sena, Marllon, e Renatinho; Sandro Manoel, Everton (Memo), Danilo Pires e Carlos Alberto (Wescley); Pingo (Natan) e Léo Gamalho. Técnico: Sérgio Guedes.

Estádio: Arena das Dunas (Natal-RN). Árbitro: Paulo Henrique Godoy (SC). Assistentes:Hélton Nunes (SC) e Ivaney Alves de Lima (SE). Gol: Léo Gamalho (33 do 1ºT). Cartões amarelos: Isac e Rodrigo Pimpão (A); Danilo Pires, Léo Gamalho, Tony e Sandro Manoel (SC).Público: 8.967.

 

 

FRANKIE MARCONE/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

...
 
 
 
eXTReMe Tracker