Página inicial
 
Mural de recados
28.04 | Antonio
Esse Danilo Costa parece ser um monstro na zaga ...
28.04 | Anderson
Esse zagueiro Danilo parece ser um bom jogador para a nossa PATATIVA!!!! ...
28.04 | Gabriel
O Central precisa de um bom plano de marketing, filmar bastidores, como é a roti ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
30/05/2014
15h05 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B -> Santa Cruz bate o Joinville por 2 a 0 e acumula segunda vitória seguida na Série B
Clique e Confira.
Não houve espaço para qualquer recaída da “empatite”. O Santa Cruz ganhou a sua segunda partida consecutiva na Série B. Convenceu. Na noite desta sexta-feira, os corais enfrentaram o Joinville/SC. Vitória por 2 a 0 no estádio dos Aflitos. Voltando a atuar junto da sua torcida depois de uma liminar conseguida na Justiça no começo da semana, o Tricolor ainda, de quebra, manteve a sua invencibilidade no Brasileirão. Às vésperas da pausa para a Copa do Mundo, o clube caminha, enfim, para brigar pelo G4 do campeonato. Já na próxima terça-feira, a equipe pernambucana recebe a Ponte Preta/SP na sequência da competição. A última rodada antes do Mundial.

Um total de 9.884 torcedores corais marcou presença no estádio. Estavam ansiosos em ver novamente o time de perto. Motivados pela vitória na rodada passada e o fim da sequência de sete empates na Segundona, apoiaram desde antes do apito inicial. Ajudaram. Foi o Santa Cruz que iniciou melhor na partida. Apesar do volume, criava pouco. Começou errando passes. Aos 15 minutos da etapa inicial, porém, o time recifense fez uma triangulação eficiente no meio-campo. Memo aproveitou-se, bateu forte da entrada da área e acertou o canto direito do goleiro Ivan. O chute disparado pelo volante tricolor ainda bateu na trave antes de parar dentro das redes: 1 a 0.

Os comandados do técnico Sérgio Guedes poderiam facilmente ter ampliado a vantagem. Carlos Alberto e Betinho desperdiçaram oportunidades claras. O Joinville, por sua vez, não desanimou na partida. Chegou, sim, a assustar Tiago Cardoso. Pelo menos três vezes, quando a defesa deu espaço. Principalmente pelas suas duas laterais.

As chances de reação dos visitantes foram minimizadas exatamente aos 38 da etapa inicial. Logo após ter recebido um cartão amarelo, Tartá foi ríspido novamente em uma dividida e acabou sendo expulso pelo árbitro Marcelo de Lima Henrique. Com um jogador a menos em campo, o Jec esfriou. Diante do maior volume de jogo apresentado pelo Santa Cruz, apenas esperou o intervalo do duelo. A torcida ovacionou os jogadores. “Time de guerreiros”, gritaram, em uníssono na descida dos atletas para os vestiários dos Aflitos.

Segundo tempo

Faltou mais consciência tática aos Santa Cruz logo no começo do segundo tempo. Não parecia estar na vantagem numérica de atletas. Sofreu, inclusive, uma certa pressão do Joinville. Mas Renatinho achou Betinho na área assim que o Tricolor voltou a ter mais posse de bola. O atacante fez 2 a 0, de cabeça, aos 10 minutos. A vitória estava encaminhada. Os corais mantiveram o controle do jogo. Gastaram tempo quando necessário até o fim do confronto. “O Tricolor voltou”, foi gritado das arquibancadas.

Santa Cruz
Tiago Cardoso; Nininho (Julinho), Everton Sena, Renan Fonseca e Renatinho; Sandro Manoel, Memo, Danilo Pires e Carlos Alberto (Emerson Santos); Pingo (Flávio Caça-Rato) e Betinho. Técnico: Sérgio Guedes.

Joinville/SC
Ivan; Edson Ratinho, Guti, Thiago Medeiros e Bruno Costa; Naldo, Washington (Gustavo), Harrison (Murilo) e Tartá; Edigar Junior (Fernando Viana) e Schwenck. Técnico: Hemerson Maria.

Estádio: Aflitos (Recife-PE)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique-RJ (Fifa)
Assistentes: Luiz Cláudio Regazone e Eduardo de Souza Couto, ambos do RJ
Gols: Memo (15’ do 1ºT, Santa Cruz) e Betinho (10’ do 2ºT, Santa Cruz)
Cartões amarelos: Naldo, Tartá e Murilo (Joinville); Pingo (Santa Cruz)
Cartão vermelho: Tartá (Joinville)
Público: 9.884
Renda: R$ 149.969.
 
Do Super Esportes 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker