Página inicial
 
Mural de recados
28.04 | Antonio
Esse Danilo Costa parece ser um monstro na zaga ...
28.04 | Anderson
Esse zagueiro Danilo parece ser um bom jogador para a nossa PATATIVA!!!! ...
28.04 | Gabriel
O Central precisa de um bom plano de marketing, filmar bastidores, como é a roti ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
27/05/2014
22h00 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B -> Santa Cruz vence o Boa Esporte (2x0), encerra sequência de empates e deixa zona de rebaixamento
Clique e Confira.
O sentimento é de alívio. É como se o torcedor coral tivesse tirado uma, duas tonelada das costas. Como se pudesse voltar a respirar depois de tempos em apnea. O Santa Cruz, enfim, venceu na Série B. Após surreais sete empates consecutivas nas sete primeiras rodadas da competição, a equipe coral venceu o Boa Esporte por 2 a 0, na noite desta terça-feira, no estádio do Melão, em Varginha. Os gols de Nininho e Betinho puseram fim a um jejum de 18 partidas consecutivas na Série B (contando com 11 jogos sem êxitos em 2007). A última vitória tricolor na competição havia sido sobre o Ituano em 29 de setembro daquele ano.

O Santa Cruz fez uma partida impecável - diante daquilo que o nível técnico coral oferece. Foi bem na marcação e ousou no ataque. Foi premiado com a vitória, que não só tirou a equipe da zona de rebaixamento como também, invicto, reaproximou-se do G4. Agora, o Tricolor volta a jogar na próxima sexta-feira, às 21h50, nos Aflitos com portões abertos (a diretoria conseguiu um efeito suspenso). Para a partida, o técnico Sérgio Guedes não poderá contar com Léo Gamalho, que tomou o terceiro cartão amarelo nesta noite e está suspenso.

O jogo
O Santa Cruz buscou a vitória desde os primeiros minutos de jogo. Sentindo-se em casa no esvaziado estádio adversário, o Tricolor dominou a partida. Bem postado em campo, seguro na defesa e rápido na saída para ataque, poderia ter ido para intervalo com uma vantagem ainda maior do que o 1 a 0. Antes do gol de Nininho, Memo perdeu duas grandes chances aos oito e aos 12 minutos esbarrando no goleiro Leandro. Aos 25, foi a vez de Pingo mandar para fora.

O gol estava maduro. O Boa, envolvido pela boa marcação coral, só conseguia arriscar de longe. Pedrinho aos 28 e aos 36 fez Tiago Cardoso trabalhar com chutes de fora da área. Foi tudo. Superior, o Santa Cruz seguia pressionando a seu modo - com mais vontade do que qualidade. E acabou sendo premiado aos 44 minutos quando Nininho tabelou com Pingo e recebeu na frente para balançar as redes com categoria.

No segundo tempo, aconteceu o que a torcida coral temia. O Santa Cruz recuou e pôs em perigo a vitória. Fez a torcida relembrar que dos sete empates, seis haviam sido por 1 a 1 e em cinco o Santa tinha aberto o placar. Aos oito, Thiago Carvalho testou à queima roupa e Tiago Cardoso salvou. O susto levou o time a acordar. Léo Gamalho respondeu aos 20, Carlos Alberto por pouco não amplia aos 25. Aos 31, o alívio. Danilo Pires sofreu pênalti. Betinho cobrou e ampliou o marcador definindo o placar em favor do Santa Cruz.

Ficha do jogo

Boa Esporte-MG 0
Leandro; Maranhão, Thiago Carvalho, Mateus e Marinho Donizete; Moisés Ribeiro, Betinho (Marcão 46' do 2ºT), Pedrinho e Malaquias (Denner - aos 15’ do 2°T); Fábio Júnior e Diego (Michel Douglas - 23’ do 2°T).
Técnico: Nedo Xavier.

Santa Cruz 2
Tiago Cardoso; Nininho, Everton Sena, Renan Fonseca e Renatinho; Sandro Manoel, Memo, Danilo Pires e Carlos Alberto (Adilson - aos 43’ do 2°T; Pingo (Emerson Santos - aos 37’ do 2ºT) e Léo Gamalho (Betinho - aos 29’ do 2°T).
Técnico: Sérgio Guedes.

 

Local: Estádio Dilzon Melo, em Varginha-MG.
Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC).
Assistentes: Ângelo Bechi e Rosnei Hoffmann Scherer (ambos de SC). Gols: (S) Nininho (aos 44’ do 1°T) e Betinho (aos 30’ do 2°T).
Cartões amarelos: (B) Malaquias (aos 47’ do 1°T), Diego (aos 17’ do 2ºT); (S) Pingo (aos 4’ do 2ºT), Léo Gamalho (aos 27’ do 2°T).

Do Super Esportes 


...
 
 
 
eXTReMe Tracker