Página inicial
 
Mural de recados
19.10 | Antonio do Salgado
Respondento a Paulo. Meu chefe a diretoria é nova no clube, mais os funcionár ...
18.10 | MARCOS LEITE
É VERDADE PAULO RICARDO, DIRETORIA VAI ARRUMAR A KSA, ISSO NÃO PODE SER FEITO DA ...
18.10 | Paulo R
! Antônio, amigo a nova diretoria só faz 15 dias que assumiu o club e vc pergunt ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
15/05/2014
00h47 | esportes - COPA DO BRASIL
COPA DO BRASIL <> Santa Cruz fica só no empate com o Botafogo/PB no Almeidão: 1 a 1
Clique e Confira.
Um empate com um gosto diferente dos outros quatro que o Santa Cruz amargou na Série B. O 1 a 1 diante do Botafogo/PB, em João Pessoa, está longe de ser um placar para ser exaltado. Mas deixa o Tricolor na briga e com a vantagem de poder empatar sem gols no jogo de volta, no Arruda, para avançar às oitavas de final da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira, os corais esbarraram em erros recorrentes. A mudança promovida por Sérgio Guedes no meio-campo com o ingresso de Danilo Pires na equipe titular não surtiu o efeito esperado. O reencontro com os paraibanos vai ser agora só em 23 de julho, depois da Copa. Tempo suficiente para os corais corrigirem suas recorrentes falhas. Principalmente na criação.

 

A partida começou monótona. Ambas as equipes preferiam se estudar. O primeiro gol coral só foi surgir a partir da individualidade, no primeiro terço do jogo. Carlos Alberto fez boa jogada pela esquerda e tocou para Pingo. Na sua estreia como titular após estar no clube desde o início da temporada, o atacante não teve trabalho para encostar a bola para as redes e abrir o placar. Teve até direito a comemoração com cambalhota, como havia prometido em entrevista. Nas arquibancadas, porém, nenhuma vibração. Isso porque não havia torcedores visitantes no Almeidão por conta de uma determinação do Ministério Público da Paraíba.

 


Logo em seguida veio o golpe para o time recifense. Bastaram seis minutos. A defesa do Santa Cruz deu espaço. Afroxou a marcação e deixou Lenilson livre para finalizar na entrada da área. Acabou acertando o chute: 1 a 1. O empate deu uma dose de ânimo ao Botafogo. Os mandantes cresceram. Buscaram uma virada que parecia eminente à esta altura. Assustaram Tiago Cardoso, pelo menos, duas vezes. Em uma delas, acertaram o travessão.

Além de o sistema defensivo coral estar marcando mal, os tricolores não se encontravam também do meio para frente. Tinham dificuldades para armar os ataques e limitavam-se aos lances bolas paradas e chutes de longa distância, a maioria com Luciano Sorriso. Nenhum deles convertido.

Segundo tempo

 

Segundo tempo da partida se resumiu a lances isolados e um jogo muito truncado (STANLEY TALIÃO/FUTURA PRESS)
Segundo tempo da partida se resumiu a lances isolados e um jogo muito truncado
O Santa voltou bem mais arisco na etapa final. Até os sete minutos, foram duas chances claras desperdiçadas pelo time do Arruda. A primeira com Pingo. Depois, com Carlos Alberto, que chegou a carimbar a trave de Genivaldo. Porém, logo esfriou, como no primeiro tempo. A entrada de Thiaguinho no Botafogo deu mais velocidade aos paraíbanos. A mudança deu certo. Tiago Cardoso salvou o Santa uma vez. Na sequência, viu outra bola em seu travessão. E ainda um gol anulado, em que a arbitragem alegou impedimento. Alívio.

Botafogo/PB
Genivaldo; Ferreira, Magno, André Lima e Celico (Marcílio (Izaías)); Zaqueu, Leomir, Pio e Lenilson; Cléo e Warley (Thiaguinho). Técnico: Marcelo Vilar.

Santa Cruz
Tiago Cardoso; Nininho, Everton Sena, Renan Fonseca e Renatinho; Sandro Manoel, Luciano Sorriso, Danilo Pires e Carlos Alberto (Jefferson Maranhão); Pingo (Adilson) e Léo Gamalho (Betinho). Técnico: Sérgio Guedes.

Estádio: Almeidão (João Pessoa-PB)
Árbitro: Ranilton Oliveira de Souza-MA
Assistentes: Cícero Romão Batista e Aelson Mariano Campelo, ambos do MA
Gols: Pingo (15’ do 1ºT, Santa Cruz); Lenilson (21’ do 1ºT, Botafogo)
Cartões amarelos: Carlos Alberto e Nininho (Santa Cruz); Lenilson (Botafogo)
 
Do Super Esportes 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker