Página inicial
 
Mural de recados
20.08 | Jose Helio Pessoa
Bom dia centralinos, surge uma esperança na história do nosso querido Central de ...
19.08 | Gustavo
O Atletico do Acre conseguio o acesso pra serie C com uma folha salarial de 60 m ...
19.08 | Antonio do Salgado
Com certeza ja deram um ninha em Airton Junior, e sobre a outra chapa kd o Alexa ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
09/03/2014
18h27 | esportes - PE 2014
PE 2014 -> Santa Cruz encerra jejum com goleada histórica sobre o Salgueiro: 7x0
Clique e Confira.
Foi uma vitória bastante tranquila para o Santa Cruz diante do Salgueiro no Arruda.O esperado era um jogo difícil devido ao bom time do Carcará, que já havia surpreendido o Náutico na Arena Pernambuco, e pelo fato do Santa vir de uma derrota para o rival Sport por 3×0.

Nada disso influenciou no jogo deste domingo e o Santa Cruz aplicou uma sonora goleada por 7×0 em cima do Salgueiro pela sexta rodada do hexagonal do título do Campeonato Pernambucano. Léo Gamalho três vezes (12 min e 16 min e 33 do 2°t), Caça-Rato também duas vezes (10 min e 33 min do 1°t), Everton Sena (41 min do 1°t) e Carlos Alberto (7 min do 1°t).

Agora o Santa concentra as suas forças para encarar o Sport na próxima quarta-feira na Ilha do Retiro pela Copa do Nordeste. Já o Salgueiro volta a jogar no próximo domingo contra o Sport pelo Pernambucano.

O jogo

Parecia um treino de luxo para o Santa Cruz. Nem o torcedor mais otimista acreditava que o time pudesse aplicar uma goleada de seis gols sobre o Salgueiro.

A mudança de postura em relação a derrota sofrida para o Sport na última rodada foi nítida. Dentro de campo um Santa mais organizado e buscando as jogadas ofensivas desde os primeiros minutos.

Logo com um minuto de jogo o Tricolor já estava assustando. Oziel levou foi à linha de fundo e cruzou para Léo Gamalho que por pouco não cabeceou a bola. No minuto seguinte foi a vez de Luciano Sorriso levantar na área e mais uma vez ninguém  apareceu para desviar pro gol.

Com total domínio do jogo o Santa seguiu em busca do gol, aos 5, Renatinho soltou a bomba pra boa defesa de Luciano. De tanto insistir o gol finalmente saiu, aos 7 minutos com o meia Carlos Alberto após belo passe de Renatinho.

O gol não fez com que o Santa recuasse, tanto que o segundo gol saiu três minutos depois, com o talismã Caça-Rato, após o rebote de Luciano e a falha do zagueiro Ricardo Braz.

Com 2×0 no placar o jogo esfriou bastante e os donos da casa passaram a administrar o resultado. Coube ao Salgueiro tentar esquentar o jogo novamente, mas o Carcará estava sem inspiração e errou bastante nos passes e na marcação.

Pra não dizer que o Salgueiro não chutou ao gol, isso aconteceu com 25 minutos de jogo, com Fabrício Ceará. Sem muitas emoções no jogo o Santa conseguiu chegar ao terceiro gol, mais uma vez com Caça-Rato, agora de cabeça.

Os minutos finais foram marcados por faltas duras e cartões amarelos. Dos 31 em diante foram três amarelos, sendo dois para o Salgueiro (Rodolfo Potiguar e Moreilândia) e um para o Santa (Patrick).

Antes do apito final o Tricolor ainda deu mais uma alegria aos torcedores marcando o quarto gol. Everton Sena subiu mais alto que todo mundo e tocor para as redes aos 41 minutos.

No segundo tempo o esperado era que o time do técnico Vica tocasse mais a bola e contasse os minutos para o final do jogo. Mas não foi bem assim, o Santa continuou no ataque e foi em busca de aumentar o seu saldo de gols.

Aos 11 minutos Léo Gamalho teve a chance de desencantar no jogo após ser derrubado na área. O árbtiro marcou a penalidade e Gamalho mandou pro fundo das redes.

Agora com 5×0 estava na hora de segurar um pouco mais e respirar em campo. Nada disso, a torcida pediu e os jogadores atenderam marcando mais um dígito no placar do jogo.

Outra vez Léo Gamalho, aos 16 minutos, após boa jogada de Oziel. Com o resultado elástico Vica resolveu fazer experiências na equipe – entraram Pingo e Raniel nos lugares de Caça -Rato e Carlos Alberto, que sairam de campo bastante aplaudidos.

O Salgueiro estava morto na partida e não fazia nada a não ser tentar parar o ataque arrasador do time coral. Mas a noite era mesmo de goleada e de Léo Gamalho, aos 33 minutos ele marcou um golaço chutando forte da grande área, a bola ainda pegou na travessão, tudo isso após uma boa jogada do garoto Raniel.

Ficha de jogo

Campeonato Pernambucano (6°rodada)

Local: Estádio do Arruda

Santa Cruz: Tiago Cardoso, Oziel, Renan Fonseca, Everton Sena e Patrick (Nininho); Sandro Manoel, Luciano Sorriso, Carlos Alberto (Raniel), Renatinho; Caça-Rato (Pingo) e Léo Gamalho. Técnico Vica

Salgueiro: Luciano, Marcos T, Ranieri, Ricardo Braz (Aílton Alemão) e Daniel, Rodolfo Potiguar (França), Moreilândia, Victor Caicó e Anderson Paraíba, Fabrício Ceará e Kanu.

Gols: Carlos Alberto (7 min), Caça-Rato (10 min e 33 min), Everton Sena (41 min) do 1°t; Léo Gamalho (12 min, 16 min e 33 min do 2°t)

Cartões amarelos: Salgueiro – Marcos Tamandaré, Rodolfo Potiguar, Moreilândia, Ricardo Braz ; Santa Cruz – Raniel, Luciano Sorriso e Patrick

Árbitro:Wlademir de Souza Lins

Assistentes: Marlon Rafael Gomes / Giorgio Macêdo

Público: 11.921
 
Do Blog do Torcedor 
 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker