Página inicial
 
Mural de recados
22.06 | Paulo alvinegro
Pois é patativa também dei a viagem perdida não tinha ingresso nenhum na sede o ...
22.06 | Patativa
O central e seu amadorismo fui até o lacerdao nesta quinta feira comprar meu ing ...
22.06 | José
Boa tarde Warley, Se caso o central empatar essa partida, ele ta classificado ? ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
09/11/2013
17h18 | esportes - SÉRIE C
SÉRIE C - SEMIFINAL -> Santa Cruz supera calor, vence Luverdense e fica perto da final: 2x0
Clique e Confira.
O Santa Cruz deu um passo enorme para chegar à decisão da Série C. Sob um forte calor, o tricolor quebrou a invencibilidade do Luverdense no estádio Passo das Emas e com uma vitória por 2 a 0, pode perder até por um gol de diferença, no próximo domingo, no Arruda, que decidirá o título da Terceirona contra o Sampaio Corrêa. Essa foi apenas a terceira derrota do Luverdense em casa em toda a temporada. As duas últimas haviam sido pelo Estadual. Na Série C, a equipe matogrossense somava oito vitórias e três empates.

No primeiro tempo, Luverdense e Santa Cruz tiveram um adversário em comum para a partida. O forte calor em Lucas do Rio Verde, o que contribuiu, com o perdão do trocadilho, para um jogo “morno”. Tanto que os goleiros Gabriel Leite e Tiago Cardoso não fizeram uma defesa difícil, em toda a primeira etapa. “Em toda a minha vida, nunca joguei em uma temperatura dessa”, reclamou o meia Natan, na descida para o vestiário. O jogador, por sinal, foi uma das novidades do técnico Vica para a partida, atuando ao lado de Raul, no meio de campo.

No entanto, apesar de voltar a atuar com dois meias, o Santa Cruz pouco criou. A única jogada digna de registro pelo lado coral aconteceu aos 23 minutos, quando o volante Dedé puxou um contra-ataque em jogada individual e, na entrada da área, tocou para trás. André Dias chutou rasteiro, para fora. Heroi do acesso, o atacante Flávio Caça-Rato foi peça nula em toda a etapa.

Já o Luverdense, apesar de mais acostumados à alta temperatura de Lucas do Rio Verde, também não ficou muito atrás. As poucas oportunidades criadas pela equipe da casa saíram em chutes de fora da área. Duas, em faltas cobradas pelo atacante Samuel. A outra veio em arremate de Misael (ex-Sport), cruzada, para fora. O jogador, um dos melhores da partida, no entanto, saíria lesionado após os 30 minutos.

No retorno para o segundo tempo, o cenário não mudou, com as duas equipes sofrendo com o sol. Assim, mais uma vez, poucas chances foram criadas. A situação, no entanto, começou a mudar aos 12 minutos, quando o meia Renatinho entrou na vaga do apagado Caça-Rato. E não demorou muito para a alteração de Vica surtir efeito.

Aos 16, o prata da casa aproveitou falha do zagueiro da Luverdense , em invertida de bola, e de cara para o goleiro Gabriel Leite, mandou uma bomba, indefensável: 1 a 0. A vantagem deu mais confiança ao Santa, que passou a dominar o confronto. Aos 23,  André Dias perdeu uma boa chance de ampliar.

Mas o artilheiro coral não ficaria em branco. Aos 32, Tiago Costa fez ótima jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para o atacante completar para as redes.

A vitória poderia virar goleada. Dênis Marques, que entrou na vaga de André Dias, perdeu um gol cara a cara com o goleiro e Renatinho mandou uma bomba no travessão. A final da Série C é logo ali, tricolores!
 
Ficha do jogo:

Luverdense: Gabriel Leite; Raul Prata, Zé Roberto (Júlio Terceiro), Renato e Edinho; Carlão, Gilson, Washington (Bismarck) e Rafael Tavares; Misael (Marcelo Maciel) e Samuel. Técnico: Júnior Rocha.

Santa Cruz: Tiago Cardoso: Oziel, Everton Sena, Renan Fonseca e Tiago Costa; Sandro Manoel, Dedé, Natan (Jonathas) e Raul; Flávio Caça-Rato (Renatinho) e André Dias (Dênis Marques). Técnico: Vica.

Local: Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT). Árbitro: Marcos Tadeu Pereira (MS). Assistentes: Evandro Gomes Ferreira (GO) Edílson Frasão Pereira (TO).  Gols: Renatinho (19 do 2º) e André Dias (32 do 2º). Cartões amarelos: Edinho, Julio Terceiro, Rafael Tavares (L), Sandro Manoel, Raul e Jonathas (S).

.
 
 
 
eXTReMe Tracker