Página inicial
 
Mural de recados
25.04 | Preto e branco
Esses cara são repletos pilantras dizem q gostam do central só pode tá de sacana ...
25.04 | kaio
Licius saiu ? ...
25.04 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! CONCORDO PLENAMENTE DO Alcino PM. Venho falando isso a ano ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
08/11/2013
10h55 | esportes - SANTA CRUZ
SANTA CRUZ > Adversário do tricolor na semifinais, Luverdense está invicto em casa nesta Série C
Clique e Confira.
Para largar bem na semifinal da Série C e dar um passo importante rumo à decisão, o Santa Cruz vai precisar fazer o que nenhuma outra equipe fez até agora na competição: vencer o Luverdense, fora de casa. Atuando no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde, a equipe está invicta, com oito vitórias e três empates. Porém, o bom retrospecto não se resume ao Brasileiro. Em toda a temporada, somando-se os jogos pelo Estadual e a Copa do Brasil, o Luverdense foi derrotado apenas duas vezes, em 24 jogos como mandante. A última pelo Mixto, pela semifinal do Campeonato Matogrossense. Um aproveitamento de 77,7%.

O próprio Santa Cruz sentiu na pela a dificuldade de enfrentar o rival em seus domínios. Na primeira fase, a equipe coral foi derrotada por 3 a 1, resultado que custou o emprego do técnico Sandro Barbosa, substituído por Vica. Além dessa partida, o tricolor enfrentou o adversário no Passo das Emas apenas mais uma vez. Foi na Série C do ano passado, quando também saiu de campo derrotado, por 2 a 1.

“Esse ano fomos felizes em quebrar alguns tabus e espero que no domingo possamos conseguir derrubar mais um e jogar com mais tranquilidade na partida de volta. Eles estão acostumados a jogar lá, sob um clima muito quente e o campo muito apertado. Além disso, eles possuem uma equipe qualificada, que não conseguiu o acesso por acaso”, lembrou o lateral Tiago Costa.

Odisseia
Mas além dos fatores citados pelo camisa 6 tricolor, outro aspecto pode ajudar a entender a força do Luverdense, em casa. Isso porque, para chegar ao local da partida, normalmente é preciso enfrentar uma verdadeira maratona. Para se ter uma ideia, após o treino de hoje pela manhã, a delegação encara uma viagem de quase oito horas de voo até Cuiabá. No sábado, mais cinco horas de ônibus até Lucas do Rio Verde. “É muito difícil jogar lá. A pressão da torcida, o calor e a viagem são desgastantes. Mas temos que passar por cima de tudo isso”, disse o zagueiro Everton Sena. “O jogo contra eles lá foi um dos nossos piores nessa Série C. Ninguém atuou bem. Mas agora já conhecemos mais o time deles e esperamos corrigir esses erros”, completou o meia Natan.
 
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker