Página inicial
 
Mural de recados
18.10 | MARCOS LEITE
É VERDADE PAULO RICARDO, DIRETORIA VAI ARRUMAR A KSA, ISSO NÃO PODE SER FEITO DA ...
18.10 | Paulo R
! Antônio, amigo a nova diretoria só faz 15 dias que assumiu o club e vc pergunt ...
17.10 | Antonio do Salgado
Sim entrou uma nova diretoria conversa bonita danada, reformaram a concentraçao ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
27/10/2013
18h58 | esportes - SÉRIE C
SÉRIE C: Santa Cruz vence Betim por 1 a 0 e está a um empate em casa de voltar à Série B
Clique e confira!

Do Super Esportes

 (CRISTIANE MATTOS/FUTURA PRESS)

Foi uma vitória mínima, mas de improtância gigante. O Santa Cruz derrotou o Betim por 1 a 0, neste domingo, na Arena do Calçado, em Nova Serrana, interior de Minas Gerais, e deu um passo imenso rumo à classificação para a Série B. Agora, o Tricolor decide a vaga no próximo domingo, em casa, num Arruda que certamente estará lotado e pronto para uma bela festa. Um empate basta para desencadear a comemoração da torcida.

Ofensivamente, o jogo acabou aos 2 minutos para o Santa Cruz. Foi quando Tiago Costa, no primeiro lance de ataque da equipe na partida, abriu o placar. Ele recebeu de André Dias, ajeitou a bola e, de fora da área, bateu forte. A bola foi no ângulo, sem defesa para o goleiro Felipe. Depois disso, o foco coral foi se defender. E o time fez muito bem isso.

O gol deveria trazer tranquilidade ao Santa Cruz. Para tocar a bola e deixar o adversário se descoordenar. Mas o que se viu foi um Betim partindo para cima, envolvendo o Tricolor e fazendo forte pressão. O auge foi a cabeçada de Max, que tocou na trave de Tiago Cardoso. No mais, o time mineiro, embora tocasse até bem a bola, não ofereceu um grande perigo para o goleiro coral.

 (Ramon Lisboa/EM/D.A Press)
Nos 15 minutos finais, suportando bem a pressão do Betim, o Santa Cruz voltou a equilibrar o jogo. Com a marcação acertada, os contra-ataques saíram, mostrando que era possível ampliar o placar. Aos 41, Siloé esteve muito próximo do gol. De frente com o goleiro, ele finalizou para fora, desperdiçando uma chance incrível.

Na volta para o segundo tempo, mais uma prova. Aos 4, Everton Heleno acertou a trave. Nova chance desperdiçada. O lance mostrou que a postura do Santa Cruz na etapa final não seria como na primeira, quando se deixou pressionar pelo Betim durante grande parte do tempo. O Tricolor seguia apostando nos contra-ataques.

Para poder jogar dessa maneira, o Santa Cruz teve que mostrar uma forte consistência defensiva. E nesse sentido a equipe coral fez uma apresentação praticamente perfeita. Os zagueiros jogaram com segurança e quando o trabalho deles não era suficiente, aparecia Tiago Cardoso, que ganhou o status de principal figura da partida conforme ia fazendo defesas importantes para garantir o resultado.

O grande milagre de Tiago Cardoso no jogo aconteceu aos 40 minutos. Ele fez uma defesa incrível numa finalização de Somália, já dentro da área. A bola tocou na trave, voltou para o atacante, que na segunda vez tocou para fora. A essa altura, o Santa Cruz já não atacava mais. O Tricolor continuava recuado, na defesa, segurando o placar. A pressão final do Betim foi forte, mas a equipe coral conseguiu suportar, garantindo um importante resultado e trazendo para casa a vantagem.

Ficha do jogo

Betim

Felipe; Patrick (Roger), Adalberto, Max e Rodrigo (Somália); Thiago Santos, Jean Cléber, Zotti (Carlos Júnior) e Wescley; Denilson e Marion. Técnico: Moacir Júnior

Santa Cruz

Tiago cardoso; Oziel, Everton Sena, Renan Fonseca e Tiago Costa; Sandro Manoel (Léo), Dedé (Panda), Everton Heleno e Raul; Siloé (Dênis Marques) e André Dias. Técnico: Vica

Estádio: Arena do Calçado. Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS). Assistentes:  Rodrigo F. Henrique Correa (RJ) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (RR). Gol: Tiago Costa (aos 2 minutos do 1° tempo). Cartão amarelo: Renan Fonseca (SC). Público e renda: não divulgados.

.
 
 
 
eXTReMe Tracker