Página inicial
 
Mural de recados
26.05 | Paulo alvinegro
Meus amigos preste atenção ao meu comentario, é um absurdo o que essas rádios de ...
26.05 | Lucio
É verdade....seis atacantes q não vale 1 ...
25.05 | Ze ligado
É muito desespero mesmo, Gildo de volta?? 6 opções de ataque que era melhor pega ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
21/07/2013
18h56 | esportes - SÉRIE C
SÉRIE C: Santa Cruz sai na frente, mas cede empate para o Águia e fica fora do G4 da Série C
Clique e Confira.

A cidade de Marabá, no interior do Pará, segue sem trazer boas recordações para os tricolores. Após a eliminação da Série C no ano passado, o Santa Cruz retornou ao estádio Zinho de Oliveira, neste domingo, e não saiu do empate por 1x1, com o Águia. O resultado tirou os corais do G4 do Grupo A. Com 10 pontos, estão na 5º posição e ainda seguem sem conseguir vencer um jogo como visitante na competição nas três edições que disputou. O alento é que os pernambucanos estão empatados com outras seis equipes, levando desvantagem nos critérios de desempate.

Os gols da partida aconteceram no segundo tempo. Flávio Caça Rato abriu o placar para o Santa Cruz aos cinco minutos, enquanto Danilo Galvão empatou para os donos da casa. Na próxima rodada, os tricampeões pernambucanos recebem o Baraúnas, no Arruda.

"Foi o nosso pior primeiro tempo na competição". A afirmação do técnico Sandro Barbosa dá o tom do que foi a atuação do tricampeão pernambucano nos primeiros 45 minutos, em Marabá. Errando muitos passes, bem marcado e sem força ofensiva, os corais pouco ameaçaram a meta do goleiro Jair. Diante desse cenário, o jogador tricolor que mais apareceu na partida foi  o goleiro Tiago Cardoso, com pelo menos três boas defesas. Uma delas, cara a cara com o atacante Danilo Galvão. Aos 26 minutos, o Santa Cruz ainda perderia o meia Júnior Xuxa, que saiu após receber uma pancada,para a entrada de Natan.

Por sua vez, o volante Luciano Sorriso, mais uma vez, teve atuação apagada, errando muitos passes. Sem que a bola chegasse à frente, os atacantes Dênis Marques e Flávio Caça Rato muitas vezes recuavam, facilitando a marcação. Outro fator que dificultava a situação coral era o forte calor em Marabá. Tanto que o árbitro Rodrigo Batista Raposo, do Distrito Federal, teve que interromper a partida aos 27 minutos para que os atletas se reidratassem.

A situação só não foi pior para os pernambucanos porque o Águia não traduziu em chances de gol a maior posse de bola. Mesmo sem modificações, o Santa voltou melhor para o segundo tempo. Tanto que abriu o marcador logo aos cinco minutos. Após perder a bola, Natan recuperou e tocou na área para Flávio Caça Rato, que só teve o trabalho de empurrar para as redes.

Com a vantagem no marcador, o Santa ainda poderia ter ampliado em dois lances seguidos, desperdiçados por Dênis Marques e Raúl. Aos poucos, o Águia voltou a pressionar. E conseguiu o empate na falha da defesa coral. Danilo Galvão chutou sem defesa para Tiago Cardoso, aos 28 minutos. O Santa sentiu o baque e o time paraense pressionou. No fim, um empate justo.

Santa Cruz 1
Tiago Cardoso, Nininho, Leandro Souza, Renan Fonseca e Thiago Costa; Tozo, Luciano Sorriso (Ramirez), Raul e Júnior Xuxa (Natan); Flávio Caça-Rato (Renatinho) e Dênis Marques. Técnico: Sandro Barbosa

Águia 1
Jair; Rafinha, Fred, Bernando e Anderson Luis (Rayro); Arnaldo, Mael, Diego Palhinha e Keno; Júnior Timbó (Robert) e Danilo Galvão. Técnico: João Galvão

Local: Estádio Zinho de Oliveira, em Marabá (PA). Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF). Assistentes: Ciro Chaban Junqueira (DF) e Cícero Romão Batista Silva (MA) . Cartões amarelos: Tozo (S); Junior Timbó, Rafinha e Rayro (A). Público: 1.422. Renda: R$ 20.179.

DO SUPER ESPORTES


.
 
 
 
eXTReMe Tracker