Página inicial
 
Mural de recados
18.08 | MARCOS LEITE
NA ELEIÇÃO DO CENTRAL, TEM QUANTOS CANDIDATOS A PRESIDENTE? EIS A QUESTÃO PROCUR ...
17.08 | Ronaldo fonseca
As bate chapas está aí! Qual será a mais benéfica para O glorioso????? De a s ...
16.08 | CLEO
O TERRENO ONDE DEVEM CONSTRUIR O CT DO CENTRAL? TÁ JOGADO PRAS COBRAS, COMO SE D ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
08/07/2013
07h58 | esportes - SÉRIE C
SÉRIE C > Com gol de joelho de Caça-Rato, Santa Cruz venceu o Cuiabá e voltou ao G4
Oferecimento: Caruaru Factoring
Do Super Esportes 
O Santa Cruz não foi brilhante diante do Cuiabá. Esteve longe de jogar um grande futebol e talvez não tenha sequer merecido vencer. Mas venceu. E com um gol de joelho de Flávio Caça-Rato. Gol que valeu tanto quanto outro qualquer. Tanto quanto se outros tantos tivessem saído. Valeu os três pontos. Suficiente para devolver confiança à torcida, dar mais uma semana de paz para que o técnico Sandro Barbosa possa trabalhar e principalmente serviu para recolocar o Tricolor de volta ao G4. É preciso salientar, porém, que a magra vitória por 1 a 0, na noite deste domingo, no Arruda, deixou também uma lição: nem sempre fazer o suficiente trará a vitória.

 

Melhorar é preciso. Sobretudo, no quesito meio de campo. Para vencer o líder da Série C, o Fortaleza, no próximo sábado novamente no Arruda, a equipe coral precisará criar mais. Raul e Júnior Xuxa foram muito mal frente ao Cuiabá. Foram nulos na criação, erraram passes curtos. Lado negativo compensado pelo bom jogo dos laterais Tiago Costa e Nininho, que carregaram o time ao ataque. Com seis pontos, o Santa Cruz agora está na quarta colocação com um jogo a menos que o Fortaleza (que tem dez pontos).

Edvaldo Rodrigues/DP/D.A Press
Dênis Marques deu a assistência do gol
Vencer não foi fácil para o Santa Cruz. Na medida do possível, o Cuiabá deu trabalho. Chegou a ser melhor em alguns momentos da partida. Mas muito fraco tecnicamente, não conseguiu aproveitar a superioridade os lapsos de superioridade, sobretudo no início do jogo quando o Tricolor esteve perdido em campo. Com o jogo todo pendendo para o lado direito, Nininho apareceu por várias como válvula de escape coral. Foi ao lado dele, que Dênis Marques promoveu as duas melhores jogadas do time no primeiro tempo.

Aos 13, Dênis Marques foi até a linha de fundo e cruzou para Renan Fonseca, que subiu sozinho e mandou a bola para fora. Aos 28, novamente Dênis Marques foi pela direita, levantou a cabeça e cruzou na medida para Caça Rato tocar de joelho e desviar a bola do alcance do goleiro. Era o gol que daria a tranquilidade necessária para o Santa Cruz controlar a partida com mais tranquilidade

No segundo tempo, a partida seguiu muito fraca tecnicamente. Sem grande emoções. Aos 8, no contra-ataque armado por Nininho, Flávio Caça-rato de frente com o goleiro e em vez de chutar para o gol tentou tocar para Dênis Marques e errou. Aos 26, a melhor chance da segunda etapa. Nininho deu grande passe para Dênis Marques, que tirou do goleiro e viu o zagueiro tirar a bola praticamente de dentro do gol. Seria o mais perto do gol que ambas as equipes chegaram.

Santa Cruz 1
Tiago Cardoso; Nininho, Renan Fonseca, Leandro Souza e Tiago Costa; Tozo, Luciano Sorriso (Ramirez), Júnior Xuxa (Renatinho) e Raul (Natan); Flávio Caça-Rato e Dênis Marques. 
Técnico: Sandro Barbosa.

Cuiabá 0
João Paulo, Jackson, Mirita, Gustavo Bastos e Natanael; Vandinho, Jean (Igor), Bogé e Fernando; Léo Paraíba (Thiago Santos) e Silas (Ermínio).
Técnico: Ary Marques.

Local: Arruda, no Recife. Árbitro: Charles Hebert Cavalcante Ferreira (AL). Assistentes: Adeilton Guimaraes da Hora (AL) e Otavio Correia de Araujo Neto (AL). Gol: Flávio Caça-Rato (SC). Cartões amarelos: Flávio Caça-Rato, Luciano Sorriso, Nininho (SC); Mirita e Igor (C). Público: 18.550.Renda: R$ 214.110,00.
Edvaldo Rodrigues/DP/D.A Press
Arruda teve um público de pouco mais de 18 mil pessoas na partida deste domingo

.
 
 
 
eXTReMe Tracker