Página inicial
 
Mural de recados
16.01 | Anderson
Davi, Fernandinho saiu do Central e foi para o Ferroviário-CE. ...
16.01 | Ronaldo Fonseca
O Central só tem estes 8 jogadores regularizados? Preocupante. ...
16.01 | Torcedor
Esse time do Salgueiro vai brigar pra não ser rebaixado, o time é muito fraco. ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
09/01/2018
16h19 | esportes - SPORT
SPORT --- Avaí aceita oferta por Capa, mas espera renovação para liberar empréstimo
A proposta do Sport por Capa - adiantada pelo Superesportes - agradou o Avaí. Capa também se interessou em vir para a Ilha do Retiro e tem empréstimo encaminhado. Mas a sacramentação do negócio depende ainda de um condição. O clube catarinense só vai liberá-lo para o Rubro-negro se conseguir renovar contrato com o lateral-esquerdo até 2020. Caso contrário, a negociação não será selada. 

Capa tem direitos econômicos presos ao Avaí até 2019. Então, o presidente da equipe de Santa Catarina, Francisco Battistoni, não quer ceder o atleta ao Sport para esta temporada e depois correr o risco de perdê-lo a custo zero - visto que a seis meses para o término do vínculo, o jogador poderá negociar um pré-contrato com qualquer outra equipe, conforme legislação da Fifa.

“Não é que o Capa já está confirmado no Sport. Falei com o Sport, disse que aceitava a proposta, mas o Capa só será liberado se nosso advogado esticar o contrato dele, que termina em 2019. Se ele assinar até 2020, ele vai para o Sport. Se não esticar, ele fica no Avaí, porque não vou emprestar para o Sport um atleta que em seis meses de 2019 poderá assinar um pré-contrato com qualquer outro clube. Essa é a condição”, pontuou Battistoni. 

Se o empréstimo se sacramentar, porém, o Sport poderá ceder atletas inutilizados para o Avaí para a disputa da Segunda Divisão do Brasileiro. Jogadores rubro-negros já foram oferecidos neste primeiro contato entre as diretorias por Capa, mas os catarinenses rejeitaram os nomes. "No futuro, se tiver jogador que interesse ao Avaí para a Série B, voltamos a negociar”, disse o presidente avaiano.

Exceto por uma passagem pelo Grêmio Osasco, Capa tem a carreira construída no futebol catarinense, onde defendeu equipes intermediárias até chegar ao Avaí, em 2016 e firmar acordo até o fim de 2019. Na última temporada, atuou em 49 jogos, sendo 29 deles na Série A.
 
DO SUPER ESPORTES PE 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker